18/02/2022 às 10h31min - Atualizada em 18/02/2022 às 10h31min

Agentes da PF são recebidos a pedradas por garimpeiros ilegais no sul do Pará

Grupo se mobilizou após ações ambientais de combate a garimpos ilegais na região do rio Tapajós. Um policial chegou a ser atingido. A PF usou gás para afastar os agressores.

g1 Pará

Uma equipe da Polícia federal foi recebida a pedradas por garimpeiros ilegais que atuam na Área de Proteção Ambiental Tapajós, composta por municípios do sul e sudeste do Pará, nesta quinta-feira (17).

O conflito ocorreu na Vila Rica, distrito de Jacareancanga, no âmbito da Operação Caribe Amazônico. Um policial chegou a ser atingido sem gravidade. A PF informou que usou gás para afastar os possíveis agressores.

 

Tensão em Itaituba

 

Em Itaituba também houve reação contra as fiscalizações ambientais na região. Um grupo se manifesta na balsa que dá acesso à cidade, enquanto outro ficou em frente à unidade do Instituto Chico Mendes (ICMBio).

Eles são contrários à presença de agentes da Força Nacional na região em operações de combate a garimpos ilegais. As ações de fiscalizações contra crimes ambientais ocorrem com apoio da Polícia Federal.

As operação atuais ocorrem em terras indígenas e em regiões próximas ao rio Tapajós e inutilizaram equipamentos dos garimpeiros.

Com o protesto, alguns agentes da Força Nacional estão atuando para garantir a segurança da sede do Instituto Chico Mendes.

Não foi detalhado pelas autoridades se houve algum tipo de bloqueio à sede do ICMbio, tentativa de invasão ou se o trabalho do ICMbio foi afetado. O g1 solicitou informações sobre a operação e os protestos ao ICMbio e autoridades envolvidas, mas não recebeu retorno. A Polícia Civil do Pará diz que não recebeu denúncias sobre os protestos.

Grupo ligado a garimpos protesta em frente ao ICMbio em Itaituba  — Foto: TV Liberal/Reprodução

Grupo ligado a garimpos protesta em frente ao ICMbio em Itaituba — Foto: TV Liberal/Reprodução

Grupo ligado a garimpos protesta em frente ao ICMbio em Itaituba — Foto: TV Liberal/Reprodução

Em nota, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) informou que a "Força Nacional de Segurança Pública atua região de Itaituba desde janeiro em apoio ao ICMBio".

O trabalho é focado em "ações de proteção ambiental nas áreas de atuação do órgão, com ênfase no combate ao desmatamento, extração ilegal de minério e madeira, invasão de áreas federais e combate aos incêndios na vegetação".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »