28/04/2021 às 19h08min - Atualizada em 28/04/2021 às 19h08min

Em nota, prefeitura de Canaã dos Carajás esclarece boatos publicados em site

- Jornal In Foco
Em nota divulgada à imprensa na tarde desta quarta-feira (28), a Prefeitura de Canaã dos Carajás desmentiu boatos publicados no site O Antagônico. O portal de notícias, que pertence à região de Belém, divulgou informações inverídicas e afirmou categoricamente que havia um esquema milionário de corrupção por trás do contrato de limpeza urbana do município.

A prefeitura repudiou a publicação e afirmou que vai pedir retratação pública por parte do site, bem como reparações cíveis e criminais a noticiantes e divulgadores.

Confira a nota abaixo na íntegra:

A Prefeitura de Canaã dos Carajás tomou ciência de um texto supostamente noticioso publicado no site “O Antagônico” em 27 de abril de 2021. Dado o seu conteúdo absolutamente inverídico, o governo municipal repudia veementemente a publicação do veículo.
De fato, a Prefeitura de Canaã tem contrato firmado com a empresa Transcidades Serviços Ambientais, responsável pela coleta de lixo na cidade. A empresa atua em Canaã há dois anos e tem prestado serviços de acordo com o que está pactuado em contrato.
No entanto, não procede a informação de que não há uma balança instalada no aterro controlado para pesagem dos resíduos. A balança está instalada no local, tem certificação do Inmetro, funciona perfeitamente e está sendo utilizada para correta e precisa medição dos resíduos coletados diariamente na cidade.
O governo também repudia a acusação de que “há uma organização criminosa” envolvendo servidores públicos municipais e responsáveis pela Transcidades. A Prefeitura reafirma que todo o trabalho desenvolvido pela empresa e governo é baseado nos termos do que foi licitado, transparência e respeito ao patrimônio público, de modo que não procedem as informações publicadas.
A Prefeitura de Canaã dos Carajás lamenta a postura adotada pelo portal de notícias e informa que está apurando quem são os responsáveis pela reportagem e fará pedido de retratação pública, bem como as reparações cíveis e criminais dos noticiantes e divulgadores.

Veja as fotos da balança:


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »