08/09/2017 às 00h41min - Atualizada em 08/09/2017 às 00h41min

Apesar da crise política, Canaã faz o maior 7 de setembro da sua história

Em meio ao turbilhão político vivido por Canaã nas últimas semanas, desfile em alusão ao 7 de setembro faz renascer a esperança em uma cidade melhor

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Fotos: Ricardo Mesquita
O tema escolhido para o desfile de 7 de setembro deste ano não poderia ser mais apropriado para o momento em Canaã dos Carajás: “As diferenças nos enriquecem e o respeito nos une”. Por uma tarde, o município deixou de lado as visões políticas, os antagonismos históricos e uma trégua foi decretada para a celebração da data em que o Brasil se tornou independente de Portugal. Com um árduo e primoroso trabalho dos servidores públicos da Secretaria Municipal de Educação, o evento entrou para a história do município e se tornou, com simplicidade e organização, o maior já realizado em Canaã.


Crianças do Núcleo de Educação Infantil Alegria do Saber em desfile


Alunas do CMEJA

 
Pontualmente às 17 horas, os músicos da fanfarra da cidade iniciaram a sua cadência e já animaram os ânimos da população. De forma impecável, a banda abriu caminho para os alunos das escolas públicas municipais desfilarem pela avenida Weyne Cavalcante. Sempre em marcha, os protagonistas da exibição mostraram empolgação, organização e até criatividade nas fantasias e alegorias apresentadas. O desfile foi dividido em blocos, cada um representando uma escola ou entidade, e trouxeram consigo trechos do Hino Municipal como subtemas. Todas as alegorias apresentadas nos blocos traziam em si, como contexto, as riquezas culturais, econômicas e sociais do município.


Fanfarra de Canaã


Alunos da Escola Maria de Lourdes
 

Buscando falar sobre a diversidade cultural do Brasil, algumas escolas trouxeram para a avenida apresentações típicas de várias regiões de todo o Brasil. Entre elas, a Festa do Boi, do Amazonas, o Baião, do Nordeste, o Samba, do Rio de Janeiro e o Pau de Fita, dança típica do Rio Grande do Sul. As apresentações animaram o público e colocaram muita gente para dançar em plena avenida.


Aluna dança Baião, ao som de Luiz Gonzaga


Pau de Fita, tradicional dança gaúcha
 

O samba carioca

Várias entidades atuantes no município foram representadas durante o desfile, entre elas, a APAE, o projeto NIES, os Bombeiros Mirins, a Igreja Católica, o Lions Clube, a Maçonaria, o Corpo de Bombeiros e os Desbravadores. Todos trouxeram alguns de seus membros e estes, devidamente uniformizados, mostraram para a população um pouco de suas atividades cotidianas.




Igreja católica sendo representada


APAE em desfile


Desbravadores na avenida
 

Algumas autoridades locais estiveram presentes no desfile: o prefeito Jeová Andrade, o presidente da Câmara Junior Garra, os secretários André Wilson, Jander Fonteles, Jurandir José, Dinilson Santos, Edilson Valadares e Uescley Amorim, além do comandante da Polícia Militar, tenente Guimarães, e o tenente Renato, representando o Corpo de Bombeiros. Em seu discurso, o gestor municipal destacou a atuação da Secretaria de Educação e dos seus servidores; o prefeito agradeceu também aos demais órgãos em atuação no município pela cooperação na construção do espetáculo.


Autoridades presentes
 
Jeová falou sobre a celebração e a maciça participação popular: “Para mim, é um dos eventos de maior importância no município. Todas as famílias, os estudantes, o pessoal da educação e a sociedade em geral vem em peso para a rua para participar deste evento que faz parte da cultura no Brasil. Aqui é uma satisfação poder ver essa multidão de pessoas participando com alegria deste evento em alusão à independência do Brasil.”


Jeová Andrade: "Para mim, este é um dos eventos mais importantes."
 
O secretário de educação, André Wilson, falou sobre o desfile: “O que acontece aqui hoje é mais uma prova de que é possível fazer quando se tem vontade e força. A educação mostra mais uma vez que o que vem sendo feito é um divisor de águas. Este é um evento grandioso, esperado por toda a população, que hoje mostra a força e a qualidade da organização. Eu gostaria de agradecer o apoio de todas as secretarias do governo e as instituições que nos ajudaram aqui hoje e que já vem dando total apoio para que a educação avance no município.”


André Wilson e família
 
Cerca de 20 mil pessoas tomaram conta da Weyne Cavalcante e aplaudiram de maneira entusiasmada a festa. O desfile se estendeu até o início da noite e se consolidou como o maior evento já realizado na história do município. Sem sombra de dúvidas, as diferenças enriqueceram o povo canaense neste dia 7 e o respeito uniu as pessoas em uma tarde de paz e comemoração.


 
Em meio à crise política, o desfile de 7 de setembro falou sobre o passado e o presente, mas nos fez vislumbrar o futuro. Cada criança em marcha na avenida é a certeza de que a história de Canaã terá dias melhores em breve. A educação municipal caminha a passos largos para o futuro e a população em peso na avenida foi a prova viva de que o canaense se permite sonhar com uma vida melhor. Eventos assim, nos fazem crer que a Canaã que todos querem é possível e pode estar logo ali, já na próxima estação. E esse lugar que almejamos passa bem longe das desavenças políticas e da briga pelo poder. Essa estação se chama “saber” e só dá para chegar lá por meio de uma estrada chamada educação.


"Cada criança em marcha na avenida é a certeza de que a história de Canaã terá dias melhores em breve"

 
Essa terra pode emanar leite e mel num futuro bem próximo, cabe a nós construir um bom presente e arquitetar tudo o que ainda está por vir. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »