12/05/2018 às 09h55min - Atualizada em 12/05/2018 às 09h55min

A DOCE MISSÃO DE SER MÃE

Adecleá Agripino - Jornal In Foco
Adecleá Agripino e seu filho Yago Alyson
Amor de mãe é algo inquestionável e dentro desse universo particular, nós mulheres somos preparadas para esse desafio quando ganhamos nossa primeira boneca, o doce gesto de ninar e cuidar parece que já vem no DNA.

Quando ficamos grávidas vamos sendo moldadas externa e internamente para receber outro ser gerado por nós e o que vem adiante é aprendizado diário, amamentação, banho, choradeira na madrugada, engatinhar, andar, ir para a escola, abrimos o nosso mundo para o mundo de outra pessoa, o filho, e com eles vamos aprendendo a ser MÃE.

Mas, e quando essa mulher pula todas essas etapas e recebe um filho pronto?! Crescido, já com sua personalidade, suas vontades já formadas? Será que ele me ama e me enxerga como mãe? De onde vem esse amor que eu sinto? Essa criança não veio de mim e mesmo assim eu o amo de todo coração? Como se explica isso?

Não se explica, apenas se sente. É coisa de Deus, que deixa sua marca de amor incondicional em cada uma de nós. Segue depoimento de Adecléa Agripino sobre sua doce maternidade.
 
Me pediram para que eu descrevesse o que é ser mãe...
 
Para muitas pessoas ainda, uma mulher como eu, que nunca engravidou não poderia responder essa questão...mas Deus na sua infinita sabedoria soube como colocar esse sentimento no coração daquelas mulheres, que como eu, não tiveram a graça de poder gerar um filho...para nós Deus enviou os filhos do coração...
Eu não esperei os nove meses de gestação, não ouvi os choros de cólica, não vivenciei os primeiros passos e nem participei do primeiro dia na escola...quando o meu filho chegou já tinha passado por tudo isso com os avós maravilhosos que tem, e a única coisa que eu podia lhe oferecer era amor e paciência, confesso que muitas vezes pensei em desistir de conquistá-lo, mas hoje sua transformação é e evidente, e eu agradeço a Deus pelo privilégio e agradeço a ele pela oportunidade de poder fazer parte da sua vida e provar para muitos que não acreditam, que tão importante quanto os laços de sangue são também os laços do coração...

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »