29/06/2021 às 09h53min - Atualizada em 29/06/2021 às 09h53min

Ruas de Belém deverão mudar de nome em breve; entenda!

Dol
Segundo projeto aprovado na Câmara e que pode ser sancionado pelo prefeito Edmilson Rodrigues, a Municipalidade e a 13 de maio deverão ser chamadas de Augusto Rezende e Zeno Veloso, respectivamente
 

O projeto aprovado pela Câmara Municipal de Belém, que altera os nomes das ruas 13 de maio e Municipalidade, aguarda, agora, a decisão do prefeito Edmilson Rodrigues (PSol) para sancionar ou não a mudança. Se for sancionado o projeto, a 13 de maio passará a ser chamada de rua Zeno Veloso, em homenagem ao jurista paraense que participou da elaboração das constituições dos Estados do Pará e do Amapá e morreu em março passado em decorrência da Covid-19. Já a Municipalidade terá a denominação de Augusto Rezende, ex-prefeito da capital paraense. O projeto é de autoria do vereador Zeca Pirão (MDB), presidente da casa legislativa.

A 13 de maio, apesar de ser uma via curta, corta dois bairros de Belém: Campina e Reduto. Ela própria já é o segundo nome desta rua, que antes se chamava Formosa. A via rememora o dia 13 de maio de 1836, data em que as tropas da legalidade se apossaram da cidade, que estava em poder do movimento da Cabanagem. Casarões históricos, com uma arquitetura própria estão localizados ao longo da via, porém a beleza destes patrimônios acaba ficando escondida por trás das peças de publicidade das lojas que movimentam o corredor, como armarinhos tradicionais de Belém. 

Rua 13 de maio

Rua 13 de maio

Rua 13 de maio Wagner Santana

DINÂMICA

Para o historiador André Andrade, a mudança de nomenclaturas das ruas, travessas e avenidas da cidade não deve ser vista de forma negativa pela população e tampouco isto representaria uma tentativa de apagar um capítulo da nossa história. “Na verdade, mostra que, enquanto sociedade, a nossa relação com o passado é dinâmica”, avalia. “Mostra que estamos preocupados em renovar nosso conhecimento sobre a nossa história a partir das novas experiências do presente. No passado, a história era feita por heróis, a maioria políticos e homens, isso, inclusive, deu nome à muitas ruas. Hoje, graças à renovação da memória e ao vivido, damos destaques a outras pessoas importantes, como foi o caso da Marielle Franco e do Paulo Gustavo”, explica.

“O que deve ser questionado é se o processo de mudança no nome de ruas é uma demanda coletiva da população”, ressalta. “O importante é a sociedade ser ouvida sobre essas mudanças, pois são as pessoas que vivem o cotidiano de Belém que merecem ter o poder de decisão sobre tais transformações”, reitera o historiador.

 

Rua Municipalidade

Rua Municipalidade

Rua Municipalidade Wagner Almeida

A Municipalidade também corta diversos bairros da cidade. O comerciante Francisco Magno, 61 anos, destaca que levará um tempo para as pessoas se acostumarem com o novo nome. “Teve tantas ruas que já passaram por mudanças de nomes, como a Travessa Mariz e Barros, que agora voltou a ser Estrella; a 1ª de dezembro que agora é João Paulo II. O que vai ser difícil é se acostumar a chamar pelo novo nome”, disse.

MUDANÇA NAS RUAS

O projeto de lei foi aprovado no dia 23 pelos vereadores, alterando o nome de duas ruas e um mercado em Belém, as mudanças visam homenagear personalidades que contribuíram para o desenvolvimento do município. O Projeto é de autoria do Presidente da CMB, vereador Zeca Pirão (MDB), e altera o nome da Rua Municipalidade, para Rua Augusto Rezende, Também foram apresentadas emendas de plenário que mudam a Rua 13 de Maio para Rua Zeno Veloso. E a emenda da vereadora Pastora Salete (Patriotas) que dá o nome de Félix Carlos Lopes dos Santos, ao Mercado Municipal do Jurunas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »