08/05/2018 às 17h40min - Atualizada em 08/05/2018 às 17h40min

TRE suspende a realização de novas eleições em Tucuruí

Eleições haviam sido convocadas depois do assassinato do prefeito eleito Jones Williams, e o vice, Artur de Jesus Brito (PV), que assumiu o cargo, ter sido afastado por improbidade administrativa.

G1 - Jornal In Foco
g1.globo.com
A Câmara Municipal de Tucuruí cassou o mandato do prefeito afastado Arthur de Jesus Brito na noite desta segunda-feira (19) por 9 votos a 3 (Foto: Reprodução/TV Liberal)
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) publicou nesta terça-feira (8), uma resolução que suspende a realização de novas eleições no município de Tucuruí, sudeste do estado para os cargos de prefeito e vice-prefeito. As eleições haviam sido convocadas depois que depois que o prefeito eleito em 2016, Jones Williams, foi assassinado em julho do ano passado e o vice, Artur de Jesus Brito (PV), que assumiu o cargo, foi afastado pela Justiça por improbidade administrativa.
 
Arthur Brito foi reintegrado ao cargo na última sexta-feira (4). Em uma liminar expedida pela desembargadora Ezilda Pastana Mutran, Arthur liberado de todos os efeitos decorrentes da cassação.
 
Arthur Brito tinha sido afastado do cargo no início deste ano por improbidade administrativa. Em uma ação do Ministério Público do Pará (MPPA), o prefeito, junto com o ex-contador geral do município, foi acusados de fraudar e direcionar licitações. No total, foram pagos R$144.730,00 em favor da empresa Engenho Assessoria Contábil SC Ltda. No mês passado, a justiça também havia concedido outra liminar anulando o efeito da denúncia.
 
Entenda o caso
O prefeito eleito de Tucuruí, Jones William (PMDB), foi morto em um atentado em julho de 2017. De acordo testemunhas, ele estava na estrada que liga a cidade ao aeroporto, vistoriando uma obra, quando dois homens em uma moto o abordaram e atiraram várias vezes.
 
Jones William tinha sido eleito prefeito em 2016 e era investigado pelo Ministério Público Estadual, que havia pedido seu afastamento por improbidade administrativa. Segundo o MPE, Jones era suspeito de direcionar contratos e licitações para um empresário local.
 
Após a morte de Jones William, Arthur Brito, na ocasião vice-prefeito, assumiu o cargo. No entanto, a mãe de Arthur, Josenilde Silva brito, de 53 anos, foi presa suspeita de envolvimento na morte de Jones. No entanto, o Superior Tribunal de Justiça decidiu anular a decisão que a mantinha detida.
 
 
Quatro meses depois de tomar posse, Arthur Brito foi afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa pelo juiz Pedro Henrico de Oliveira da 1ª Vara Cível de Tucuruí. Em dezembro de 2017, a Câmara de Vereadores também acusou o prefeito por improbidade administrativa. Com isso, o presidente da Câmara Municipal, Benedito Couto, assumiu interinamente o cargo de prefeito.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »