10/02/2022 às 21h12min - Atualizada em 10/02/2022 às 21h12min

Alunos da rede estadual tem bons resultados no Enem 2021

A divulgação das notas individuais foi antecipada para a quarta-feira (9)

dol
 

Os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 já podem conferir as notas obtidas nas provas. Os resultados foram disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que decidiu antecipar a divulgação dos desempenhos individuais de cada participante para a noite da quarta-feira (9).

Em mais um ano, diversos alunos da rede pública estadual conquistaram bons resultados no exame. Desde o início, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), através dos seus espaços de aprendizagem, professores e demais servidores, garantiu que os estudantes pudessem ter acesso aos conteúdos preparatórios, apesar das adversidades causadas pela pandemia da Covid-19.

 Rodrigo Pinheiro / Ag. Pará
Na capital e no interior paraense, unidades de ensino já comemoram o desempenho alcançado pelos seus alunos nas provas. Uma delas foi a Escola Estadual Albanízia de Oliveira, situada no bairro do Marco, que novamente se destacou devido ao grande número de alunos que conseguiram expressiva pontuação na redação e nas demais áreas do conhecimento.

O desejo de cursar Medicina foi a principal motivação que fazia Flávia Dayanny ao acordar, todos os dias, às 5h para ir até o Polo Metropolitano Pré-Enem.

“Quando as aulas presenciais ainda não tinham retornado, voltava para casa e continuava estudando durante o restante do dia. Com o retorno no dia 02 de agosto, saía do preparatório direto para a escola e de lá, chegava em casa por volta das 19h, tomava um banho, jantava e em seguida continuava revisando os conteúdos até o que pudesse aguentar”, relata a estudante.

Já a rotina de estudos da aluna Maria Padilha, no ano passado, foi inteiramente dedicada ao Enem. “Minha preparação era por meio de videoaulas, revisões online, além dos conteúdos que eram disponibilizados pela escola. No segundo semestre, minha rotina mudou devido a volta às aulas presenciais e pela oportunidade que tive para estudar no Polo Metropolitano Pré-Enem. Gosto de afirmar que sou cria da rede pública de ensino e pretendo cursar História ou Direito. Até agora, minhas expectativas são altas e espero conseguir uma vaga”, afirma.

“Com muito orgulho, alcançamos mais um ano de resultados exitosos nas redações. Isso se deve ao trabalho dedicado dos nossos professores de Língua Portuguesa, em especial, à professora Ione Franco, que desenvolve o projeto “Construção e Reconstrução do Texto”, e segue com qualidade o seu fazer pedagógico na escola. A equipe gestora, pedagógica e docente, festeja esses resultados e aguardamos ansiosos pelas aprovações nos vestibulares”, frisou o diretor da Escola Estadual Albanízia de Oliveira, Jorge Théo Queiroz.

OPORTUNIDADE

Há mais de 20 anos, o Enem avalia o desempenho escolar da população, e é uma das principais formas de acesso ao Ensino Superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni). Diversas instituições de ensino públicas e privadas também utilizam o exame para selecionar estudantes e os resultados servem de parâmetro para auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estadual (Fies).

O coordenador de ações do Enem Pará na Seduc, Diego Maia, ressaltou que foram desenvolvidas várias ações para melhorar o rendimento dos estudantes paraenses nos vestibulares de todo o Brasil, inclusive nas provas do Enem. “Os resultados maravilhosos que podemos observar, são frutos das ações que a Seduc realizou ao longo de todo o ano. Temos alunos que conseguiram 900, 940 e 960 pontos na redação, que é uma média excelente, e a gente espera daqui há alguns dias obter muitas aprovações nas universidades e faculdades.

Diego Maia

Diego Maia

 Diego Maia | Rodrigo Pinheiro / Ag. Pará

INVESTIMENTOS

Durante o ano de 2021, a Seduc ampliou suas ações pedagógicas para garantir o conhecimento necessário e a competitividade dos alunos da rede pública estadual nas provas do Enem. Uma dessas ações foi a implantação do Polo Metropolitano Pré-Enem, no bairro do Marco, em Belém, e que foi inaugurado no dia 02 de agosto pelo governador Helder Barbalho. 

Destinado para estudantes que residem nos municípios da Região Metropolitana (Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará), a unidade escolar oferece aulas presenciais e têm capacidade para atender até 6 mil pessoas. No entanto, devido à pandemia da Covid-19, e em observância aos protocolos sanitários foram ofertadas inicialmente 3.400 vagas.

O público-alvo do Polo Metropolitano Pré-Enem é composto por alunos que cursam a 3ª série do Ensino Médio na rede pública estadual ou que já tenham concluído nos anos anteriores. Os participantes podem contar com aprendizagens preparatórias três vezes por semana, de segunda a sábado, em regime alternado, além de cursos específicos de redação, matemática, biologia, física e química. O espaço dispõe de nove salas de aula, laboratórios de informática, ambientes para estudos e relaxamento. 

Outra iniciativa criada foi o Programa “Enem Pará Itinerante”, que beneficiou aproximadamente 30 mil alunos com conteúdos de alto rendimento e recorrência nas provas, em diversos municípios do estado. Em cada aulão, os participantes tinham acesso a informações importantes e orientações fornecidas por especialistas nas quatro áreas do conhecimento exigidas no exame: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias, além da Redação.

O projeto abordou conteúdos focados em recorrências, com questões presentes todos os anos no Enem, mas que os alunos ainda apresentam dificuldade de compreensão. Toda a programação foi direcionada aos estudantes da rede pública estadual, concluintes do Ensino Médio, em 2021, e também para pessoas que já concluíram os estudos em anos anteriores. 

/Diego Maia

/Diego Maia

| Rodrigo Pinheiro / Ag. Pará
| Rodrigo Pinheiro / Ag. Pará

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »