Jornal In Foco Publicidade 1200x90
26/06/2024 às 10h48min - Atualizada em 26/06/2024 às 10h48min

Prefeitura e Ufra assinam protocolo de intenções e abrem caminho para Curso de Medicina e Instituto de Saúde

Documento assinado em Belém prevê várias etapas para instalação de cursos de saúde animal e humana, tornando Canaã um polo na região


Documento prevê ações para fortalecer Canaã como polo universitário e de saúde

A prefeitura de Canaã dos Carajás e a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) assinaram um documento histórico para o município nesta terça-feira (25). Trata-se do Protocolo de Intenções para uma colaboração inédita entre as instituições. A assinatura ocorreu na universidade, em Belém, e tem como destaque o cronograma para a implantação do curso de medicina no município, além da criação do Instituto de Ciências Médicas e Saúde Única e o Hospital Médico-Veterinário. Tudo isso integrado ao futuro polo universitário da Ufra no município.

Tal medida é um sonho da administração e moradores, e mais um passo no sentido de tornar Canaã um polo universitário em toda a região, além de um centro de referência em saúde.

A parceria entre a Ufra e a Prefeitura de Canaã dos Carajás promete ser um marco significativo para a comunidade local, que poderá contar com uma estrutura acadêmica de qualidade mais próxima, facilitando o acesso à educação superior. O novo polo universitário deve oferecer cursos voltados para a área da saúde, com oportunidades de pesquisa, contribuindo para a formação de profissionais qualificados e impulsionando o progresso educacional da região.

A reitora da Ufra, Herdjania Veras de Lima, destacou a importância desse momento para a comunidade. “A prefeitura tem dado um apoio muito grande para a gente ter um projeto audacioso lá, que é trabalhar a questão da saúde única como um todo, reunindo cursos tanto da área animal, ambiental e humana”, destacou.

“A gente já iniciou, que é começar primeiro com cursos de saúde animal, que são cursos que nós já somos referência aqui à nossa universidade, que é o curso de Medicina Veterinária, e a partir de então a gente, a cada etapa vai acrescentar mais um curso para formar esse profissional diferenciado e ser o modelo aqui de referência de saúde única para o estado do Pará e para a região norte do Brasil como um todo.”, finalizou.

O planejamento é para que os cursos de Medicina Veterinária e Tecnologia de Alimentos tramitem já no segundo semestre, e o vestibular ocorra até o fimm do ano, para início das aulas no primeiro semestre de 2025. A expectativa é que o polo universitário traga benefícios socioeconômicos significativos e fortaleça os laços entre a academia e a comunidade local.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Jornal In Foco Publicidade 1200x90