26/08/2021 às 17h00min - Atualizada em 26/08/2021 às 17h00min

Quatro são presos em operação de combate a garimpo ilegal

Operação "Muitaquitã" foi deflagrada pela Polícia Federal entre os municípios de Ourilândia do Norte e Cumaru do Norte, no Pará.

Dol

A proteção a terras indígenas é dever de órgãos de segurança da União, que vêm tentando combater a prática ilegal em vários locais do país. No estado do Pará,  ocorrências frequentes mostram que o problema é grave.

Com apoio das Forças Armadas, a Polícia Federal realizou a operação Muiraquitã 2, com o objetivo de reprimir a prática de garimpos ilegais na terra indígena Kayapó, entre os municípios de Cumaru do Norte e Ourilândia do Norte, no Sudeste do Pará.

Os trabalhos envolveram cerca de 200 integrantes de órgãos de segurança que fecharam vários garimpos clandestinos na área, onde foram apreendidos materiais como escavadeiras, óleo diesel e até caminhões para transporte ilegal de minério. O saldo da operação foi a prisão de quatro pessoas, em flagrante.

As equipes de segurança tiveram dificuldades para encontrar os garimpos e para isso, contaram com ajuda de aeronaves e helicópteros, onde conseguiram chegar a locais de difícil acesso para a busca e apreensão de materiais ilegais.

A operação visa a proteção de povos indígenas e a proteção de suas terras no território nacional.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »