05/03/2020 às 11h10min - Atualizada em 05/03/2020 às 11h10min

​PIB de 2019 faz projeção de crescimento para 2020 cair; mercado prevê alta inferior a 2%

- Jornal In Foco
G1
A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que avançou 1,1% em 2019, e a repercussão do número nas projeções para 2020 são os destaques dos principais jornais do país nesta quinta-feira (5).
 
O Globo enfatiza que o crescimento de 1,1% divulgado pelo IBGE é o menor desde o fim da recessão, em 2016. Segundo o matutino, o resultado ficou dentro das expectativas do mercado, mas muito abaixo dos 2,5% que eram esperados no início de 2019.
 
O desempenho do último ano somado ao cenário do início deste ano, impactado pelo coronavírus, levou os economistas a revisarem para baixo a projeção de crescimento para 2020. Ao menos dez consultorias e bancos reduziram suas estimativas para uma alta inferior a 2%.
 
Apesar disso, o ministro Paulo Guedes (Economia) ainda acredita que o país pode crescer mais de 2% neste ano. O Globo também chama atenção para o desempenho do investimento, que cresceu 2,2% em 2019, abaixo dos 3,8% registrados em 2018.
 
Para um economista ouvido pelo jornal, somente uma retomada robusta do investimento poderá fazer a economia crescer de forma mais sustentada. "PIB de 1,1% reduz previsão de crescimento para 2020", destaca a manchete do Globo.
 
PIB do Brasil cresce 1,1% em 2019, menor avanço em 3 anos
 
Em seu título principal, O Estado de S.Paulo também mostra que a projeção de crescimento para 2020 foi reduzida após a divulgação do resultado de 2019.
 
Segundo o Estadão, o crescimento de 1,1% frustrou as expectativas, já que, em 2017 e 2018, o crescimento havia sido maior, de 1,3%. O Ministério da Economia afirmou, em nota, que o resultado indica uma "melhora substancial" e a economia mostra dinamismo sem depender do setor público.
 
Entre as instituições e especialistas que revisaram suas projeções para 2020, o Estadão dá destaque à corretora XP Investimentos, que reduziu a estimativa do PIB de 2020 de 2,3% para 1,8%, e à gestora de recursos ARX Investimentos, que reduziu de 2,2% para 1,8% sua projeção.
 
Para a ARX, a queda dos investimentos no fim do ano e a visão pessimista em relação às reformas contribuíram para o resultado de 2019. "PIB decepciona; mercado prevê alta inferior a 2% para este ano", informa a manchete do Estadão.
 
A Folha de S.Paulo também dá destaque ao assunto e diz que esse foi o terceiro ano de desempenho fraco da economia. Em 2015 e 2016, houve queda.
 
A Folha ressalta que o PIB avançou apenas 0,5% do terceiro para o quarto trimestre de 2019 e o investimento despencou no fim do ano, com retração de 3,3%.
 
O matutino mostra também que o presidente Jair Bolsonaro fez piada e usou o humorista Carioca, que estava vestido de presidente, para responder às perguntas dos jornalistas sobre o resultado do PIB na saída do Palácio do Planalto.
 
Perguntado se poderia falar sobre o PIB, Bolsonaro respondeu "PIB? O que é PIB?". O presidente disse a apoiadores que um vídeo feito pelo comediante com ele seria exibido na TV Record. "Investimento afunda, PIB freia, Bolsonaro faz piada", sublinha a manchete da Folha.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »