14/11/2018 às 16h34min - Atualizada em 14/11/2018 às 16h34min

Vereadores aprovam compra de novo prédio para Câmara Municipal

Por 8 votos contra 3, Câmara aprovou a compra.

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Mais uma terça-feira de Sessão Ordinária e dessa vez os vereadores se reuniram para discutir a pauta 36° e votar no projeto de lei 031/2018 de iniciativa do executivo municipal que “Dispõe sobre a Desapropriação por Utilidade Pública de Imóvel Urbano destinado a abrigar a nova sede da Câmara de Vereadores do Município de Canaã dos Carajás e dá outras providências. ”

O imóvel em questão atualmente é o Hotel Canaã localizado na Av. São João n°50, bairro Novo Horizonte II. O valor do prédio chega a custar R$2.932.745.57 (Dois Milhões Novecentos e Quarenta e Cinco Mil e Cinquenta e Sete Centavos) e por esse motivo vem dividindo opiniões dentro e fora da Câmara Municipal.



A primeira a fazer uso da tribuna e opinar foi a vereadora Vânia Mascarenhas que em seu discurso ressaltou ser contra a compra da nova casa de leis por entender que há prioridades maiores no município como por exemplo a construção de uma maternidade.

Maria Pereira foi a segunda a fazer o uso da tribuna e também votou contra a compra do imóvel, declarando que a prefeitura deveria seguir a lei 703/2015 criada para obter fundo exclusivo para compra e construção da sede própria da Câmara. Assim como a vereadora Vânia, Maria também lembrou que o dinheiro gasto para essa compra pode atender outras prioridades do município como por exemplo a construção de algumas secretárias e finalizou o discurso dizendo que não é o momento certo para a compra do novo prédio.

Em seguida o vereador Wilson Leite fez o uso da tribuna e defendeu seu voto contra lembrando que apesar do valor milionário o prédio não está caro, porém, a quantia para compra deveria ser utilizada para construir, assim, abriria então empregos por um período de seis meses para moradores que estão desempregados e passando por necessidades. E ainda ressaltou que além da compra, outro valor teria que ser desembolsado para se fazer a reforma do prédio.

Já João Nunes defendeu a compra afirmando que o município tem sim condições financeiras para comprar o prédio e que o prefeito atual Jeová Andrade deve aproveitar a oportunidade pois o imóvel está barato e atende as exigências dos vereadores. Assim como o vereador Walter Diniz que também votou a favor do projeto e ainda ressaltou que não é necessário que o prefeito faça a compra imediatamente, mas que ele compre já que a casa autoriza.

Depois de todos os discursos foi a vez do presidente da Câmara Junior Garra defender seu voto, em seu discurso o vereador afirmou que o voto dos vereadores contrários ao projeto é contraditório, pois se querem que o dinheiro público seja usado para execuções públicas, não há porque não ser gasto com o prédio, já que ele se tornaria mais um imóvel público e a compra dele economizaria ainda mais pois com a saída dos legisladores da atual casa de leis abriria então uma oportunidade para uma secretária municipal sair do aluguel.

Ao total 8 vereadores foram a favor da compra e 3 foram contras, sendo assim, o projeto 031/2018 foi declarado aprovado pela Câmara. Além deste projeto as indicações de Maria Pereira, Wilson Leite e Vânia Mascarenhas também foram aprovadas pelo legislativo.

Veja as indicações a seguir

Indicação n°080/2018- Autoria da Vereadora Vânia Mascarenhas-PDT, indica ao Poder Executivo Municipal a reforma e a cobertura da quadra de esportes do Bairro Residencial Canaã dos Carajás

Indicação n°082/2018- Autoria da Vereadora Maria Pereira-PDT, indica ao Poder Executivo Municipal a necessidade de proceder a Pavimentação Asfáltica com Saneamento Básico na rua Canaã, Bairro Vale do Sossego.

Indicação n°083/2018- Autoria do Vereador Wilson Antônio da Silva Leite-PDT, indica ao Executivo Municipal, a construção e instalação de uma caixa d’agua para abastecer a Vila Nova Jerusalém.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »