06/06/2018 às 09h52min - Atualizada em 06/06/2018 às 09h52min

Palestra incentiva moradores a reduzir o consumo de plástico

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Stephanny Sousa
O tema escolhido para o dia mundial do meio ambiente deste ano pela ONU foi “Acabe com a poluição plástica”, tema diferente da escolha municipal que traz “Que marca você quer deixar no ambiente” referente as queimadas regionais e do município principalmente.
Ontem (05) aconteceu por volta das 9h à abertura da semana do meio ambiente pela SEMMA e logo pela tarde seguindo a programação de palestras, a Vale em parceria com a secretaria trouxe para Canaã dos Carajás, Tião Santos, ex catador de material reciclável do maior lixão da América Latina.

Hoje Tião Santos é ativista ambiental e compartilha sua experiência de vida como catador de resíduos. Tião foi a voz dos catadores quando presidente da Associação e um dos protagonistas do documentário “Lixo Extraordinário”, indicado ao Oscar em 2011 e premiado em outros eventos e mostras internacionais. Hoje é consultor de grandes empresas e instituições. Durante sua palestra Tião abordou o uso consciente do plástico e por diversas vezes citou “As pessoas devem para com o paradigma que coletar lixo é coisa de pobre” ressaltando o preconceito que a população tem com quem trabalha nessa área.

Quem também esteve presente no auditório da Casa da Cultura foram os trabalhadores da Coolettar (Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Materiais Recicláveis) que trouxeram a informação de que a coleta seletiva no município já vem sendo estruturada. Mais de 100 toneladas de resíduos já foram retiradas do meio ambiente por eles.

A Cooletar foi criada em 2014, com apoio da prefeitura municipal de Canaã dos Carajás. No último ano, a Cooperativa teve um aumento de 128% na quantidade de material coletado. E esse ano traz para o município o projeto de um coletor para separação de resíduos nas repartições públicas.

A Organização das Nações Unidas (ONU) revela que o plástico está cobrindo e destruindo o planeta. O mundo produz mais de 300 milhões de toneladas de plástico todos os anos. Um número preocupante e que nos remete para a urgência. O objetivo da ONU esse ano é chamar atenção da população para reduzir a produção e o consumo excessivo de produtos plásticos.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »