06/06/2017 às 21h07min - Atualizada em 06/06/2017 às 21h07min

2º Fórum Municipal de Cultura

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Aconteceu no fim da tarde desta terça-feira, 06, o 2º Fórum Municipal de Cultura. O evento foi realizado na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a presença de membros da comunidade e também de autoridades locais, entre elas o vice-prefeito Alexandre Pereira, os vereadores Gesiel Ribeiro, Vânia Mascarenhas e Maria Pereira, o secretário de obras Agnaldo Costa, o chefe de gabinete Edilson Valadares e o diretor da Fundação Municipal de Cultura Esporte e Lazer, Gilson Mendes. Na pauta da reunião estava a construção do Plano Municipal de Cultura com a participação social, bem como a apresentação do Sistema Municipal de Cultura e a sua importância para a sociedade, e ainda a eleição do Conselho Municipal de Cultura.
 
A mesa de honra foi composta por Gilson Mendes, Cleides Pimenta, diretora de cultura, Vânia Mascarenhas, Maria Pereira, Gesiel Ribeiro e Alexandre Pereira. Gilson Mendes destacou a importância do Fundo Municipal para a cultura, já que assim a entidade pode parar de depender unicamente dos repasses do município. Vânia Mascarenhas disse, em sua fala, que não via avanços na questão cultural em Canaã dos Carajás e cobrou do vice-prefeito melhorias no setor: “Cultura é bem mais do que futebol, tem as festas juninas, tem carnaval...” Já Maria Pereira destacou que a “cultura é uma forma de salvar a sociedade” e foi aplaudida com entusiasmo pelos presentes. Por fim, Alexandre Pereira falou sobre a importância do Conselho Municipal: “Conselho que não debate e que não cria, não funciona! Quem for participar, participe de fato!”. O vice-prefeito lembrou ainda das datas escolhidos para os festejos juninos neste ano, que ficarão para os dias 08 e 09 de julho.
 
Na sequência, a mesa de honra foi desfeita para que a educadora Deise Botelho fizesse uma palestra sobre o Sistema Nacional de Cultura, bem como a importância da mesma para a sociedade. Deise falou sobre os avanços e das dimensões econômicas que a pasta tem tomado com o passar dos anos, por meio da arrecadação em eventos. Segundo a educadora, o pouco desenvolvimento da cidade, em relação à cultura, é uma tendência nacional, já que o processo ainda é bastante lento, mas que o município já faz parte de um seleto grupo de cidades em que se põe em debate esse Sistema.
 
Deise falou ainda do extenso calendário de festas que todos os municípios possuem e de como é fundamental o papel do Conselho na definição das prioridades: “É um desafio se trabalhar com pouco recurso e muita demanda, pois há comemorações o ano inteiro e as prioridades devem ser definidas pelos membros do Conselho.” Ela lembrou ainda da importância da Lei Rouanet, que incentiva a produção cultural no país por meio de isenção de impostos para quem investe, e do movimento econômico que ela permitiu nos últimos anos.
 
Após a leitura do regimento do Fórum feita por Cleides Pimenta, a sessão foi aberta para os debates e os participantes puderam expor pontos de vista, sugerir e debater ideias. A eleição do Conselho Municipal também aconteceu e elegeu membros da sociedade civil e do governo para os próximos 2 anos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »