06/02/2022 às 18h26min - Atualizada em 06/02/2022 às 18h26min

Menino morre em disparo acidental de espingarda no Pará

Primo da vítima limpava a arma, que estava carregada, quando o disparo acidental ocorreu

Dol
 

Somente em 2018, 19 crianças de zero a 14 anos morreram vítimas de acidentes com armas de fogo. No ano seguinte, 85 ficaram feridas nessas circunstâncias. Os dados do Ministério da Saúde preocupam, tendo em vista que o número pode ser maior, motivo pelo qual a atenção e o cuidado redobrados quando se tem uma arma de fogo dentro de casa.

Infelizmente, mais uma tragédia do tipo desabou sobre uma família e abalou a comunidade do distrito de Curumu, em Breves, no Arquipélago do Marajó, no início deste domingo (6). O acidente envolveu um menino, o próprio primo e uma espingarda.

Diário lança caderno especial sobre as ruas de Belém

Vídeo: Árvore cai e por pouco não atinge ônibus em Mosqueiro

Testemunhas relatam que o primo da criança estava limpando a espingarda e não teria se atentado ao cartucho que nela estava, provocando um disparo acidental e atingindo o menino, que morreu na hora.

A Polícia Civil, através do Departamento de Investigação da Superintendência Regional, teve conhecimento do caso e está investigando.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »