11/02/2020 às 17h12min - Atualizada em 11/02/2020 às 17h12min

Corinthians anuncia a contratação do atacante colombiano Yony González

Jogador ficará seis meses emprestado e depois será comprado pelo Timão do Benfica

- Jornal In Foco
Globo Esporte
Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
O Corinthians anunciou nesta terça-feira a contratação do atacante Yony González, que estava no Benfica, de Portugal. O jogador de 25 anos assinou contrato e já participa dos treinos.
 
Yony chega para um empréstimo de seis meses, mas já tem compra alinhada com o time português, com contrato até dezembro de 2023.
 
O Timão vai desembolsar 2,8 milhões de euros (R$ 13 milhões, aproximadamente) em um pagamento diluído em quatro anos, por 50% dos direitos do jogador.
 
– O Corinthians tem uma grande estrutura. Tem tudo para que o jogador fique tranquilo e possa desenvolver todo seu potencial. Estou muito feliz de chegar aqui – disse o jogador.

Yony está no Brasil desde a semana passada, foi aprovado nos exames médicos, assinou contrato e já fez treinos no campo. Ele ainda não apareceu no BID da CBF e nem foi inscrito no Campeonato Paulista, mas tem chance de participar do jogo de sábado, contra o São Paulo, no Morumbi.
 
Na Libertadores, só pode jogar se o Timão chegar na fase de grupos.



Segundo a diretoria, a vinda de Yony ao Timão não tem relação direta com a iminente venda de Pedrinho ao clube português. As negociações foram feitas de forma separada.

O negócio pelo camisa 10 está perto de ser fechado em 20 milhões de euros (R$ 93 milhões), além de outros 2 milhões de euros (R$ 9 milhões) por metas atingidas. Pedrinho, se de fato for vendido ao Benfica, só vai se transferir para o futebol europeu no meio do ano.



Yony González, colombiano, tem passagem pelo Fluminense e é o quinto reforço para a temporada. Antes dele, chegaram o lateral-esquerdo Sidcley, o volante Cantillo, o meia Luan e o atacante Davó.
 
O elenco agora conta com cinco estrangeiros: os colombianos Yony e Cantillo, o argentino Mauro Boselli, o chileno Angelo Araos e o uruguaio Bruno Méndez.
 
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »