26/06/2017 às 10h43min - Atualizada em 26/06/2017 às 10h43min

Membros de mais uma quadrilha são presos em Parauapebas

Carajás O Jornal
Dando continuidade a caça de assaltantes a banco, policiais civis da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), oriundo do Estado do Tocantins (TO), realizaram a prisão de três indivíduos em Parauapebas, sob o mandado de prisão preventiva. 

De acordo com o delegado Rafael Falcão, que está à frente da operação, ele e sua equipe, juntamente com policiais da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, deram cumprimento aos mandados de prisão contra três pessoas acusadas de envolvimento no assalto ao Banco do Brasil na cidade de Gurupi TO, ocorrido no último dia 11. 

Apos as investigações a polícia descobriu que alguns dos integrantes da quadrilha estavam escondidos no município de Parauapebas. No primeiro mandado a ser executado houve confronto e o assaltante, identificado por Valdir Fabriciano Duque, 33 anos de idade, conhecido por "Tarzan", foi morto. 

Segundo informações na hora da abordagem policial, Valdir Fabriciano estava armado de um revolver calibre 38 e teria reagido contra os policiais, momento em que foi atingido mortalmente.  A polícia apreendeu a arma do assaltante um veículo, Ford Fusion, cor prata de placa EMX- 4119 Araguaia TO. Ainda segundo a polícia, Tarzan usava três identidades falsas, incluindo sua carteira de habilitação. O criminoso era considerado o 6º colocado no ranking nacional de periculosidade em assaltos a banco.

Nas buscas realizadas na residência de outro membro da quadrilha, que conseguiu fugir, os policiais encontraram uma pistola de uso restrito, muitas munições e dinheiro. Mediante o flagrante uma mulher, identificada por Escarlet Lagares Farias, de 24 anos, foi presa no local.

No início da tarde os policiais cumpriram outro mandado de prisão, desta vez para o nacional identificado por Evaldo da Conceição Cavalcante.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »