16/06/2017 às 19h27min - Atualizada em 16/06/2017 às 19h27min

Mais de 1000 famílias recebem moradias no residencial Alto Bonito

Carajás O Jornal
Um projeto grande, com um custo total de 273 milhões de reais, resultou hoje, 16, em sua primeira fase de conclusão, no único residencial vertical do sul e sudeste do Estado do Pará construído com verba pública. O residencial Alto Bonito foi projetado em 2009, na primeira gestão do atual prefeito de Parauapebas, Darci Lermen. Após diversas parcerias com o governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) o conjunto habitacional é finalmente entregue a população, dando moradia para mais de mil famílias do município.
O residencial contempla famílias que viviam em situação de risco, em uma localidade antes conhecida como morro do chapéu, uma área sem estrutura, insalubre e perigosa para construção de residências. Todas as famílias foram remanejadas para a construção das unidades habitacionais, sendo compensadas pela prefeitura até o esperado momento da entrega das moradias.

Quem não esconde a felicidade da conquista é Edmilson Cunha, de 38 anos, que esperava há quatro anos pela casa própria. “Eu morava numa invasão e sonhava com esse momento todos os dias. Para quem mora de aluguel e precisa ficar se mudando, se desdobrando para sustentar a família, a emoção é muito grande. A felicidade de você ter a sua própria casa é indescritível”, conta o minerador, que pretende se mudar para o residencial na próxima semana, com sua mulher e três filhos.


Na cerimônia de entrega das chaves à população estiveram presentes diversas autoridades municipais e federais, dentre elas o Ministro da Integração, Helder Barbalho; o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen; o Presidente da Câmara Municipal, Elias de Almeida; o deputado federal José Priante, entre outros. Darci Lermen, um dos idealizadores do residencial, reafirma o compromisso de promover moradia digna para os cidadãos do município. “Um empreendimento desses é importante porque da dignidade paras as pessoas. Agora, ao invés de gastar dinheiro com aluguel, os pais de família vão poder comprar o arroz e o feijão no final do mês. Eu me sinto feliz e honrado de participar desse momento, isso me dá mais motivação para continuar com projetos como esse na nossa cidade”, discursa o gestor municipal.
O residencial teve sua primeira fase finalizada, entregando um total de 1008 unidades habitacionais. A 2ª e última fase do projeto vai implantar mais 1392 apartamentos, totalizando 2400 moradias. No empreendimento ainda serão construídas uma escola, uma unidade básica de saúde, quiosques, além de um Centro Comercial e quadras de esportes. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »