04/02/2018 às 14h23min - Atualizada em 04/02/2018 às 14h23min

Vila Jerusalém: Homem é brutalmente assassinado na manhã deste domingo

Enoque era irmão do ex-vereador Major da Mactra, de Parauapebas

- Jornal In Foco
Reprodução
Enoque Chaves de Sousa foi brutalmente assassinado nas primeiras horas da manhã deste domingo (2) na Vila Jerusalém, zona rural de Canaã dos Carajás. O homem foi encontrado morto em uma das ruas da localidade. O irmão gêmeo da vítima, Elias Chaves de Sousa, foi informado do acontecido por um amigo, por volta das 06 da manhã, e seguiu desesperado para o local em que o corpo estava.
 
Chegando lá, o homem constatou que o irmão havia sido baleado. Desconhecendo os procedimentos padrões para casos de homicídio, Elias não avisou a Polícia, nem o IML, e removeu o corpo de Enoque por conta própria.
 
Colocando o corpo do irmão dentro de seu carro, Elias partiu em direção à sede do Instituto legal de Parauapebas. Por lá, o homem foi informado de que era necessário um ofício de remoção e necropsia, só emitido pela Polícia Civil. Ainda com o corpo dentro do carro, Elias seguiu em direção à Delegacia de Polícia para realizar o procedimento correto.


 
Enoque também era irmão do ex-vereador de Parauapebas, Antônio Chaves de Sousa, o Major da Mactra. O político esteve presente na Delegacia e afirmou não saber ao certo os motivos que poderiam levar a tal brutalidade. Major afirmou também que o irmão levava a vida com “gambiras”, trocas informais, e era dono de uma pequena propriedade na Vila Jerusalém. Ainda segundo ele, Enoque se envolveu em uma discussão no ano passado, há sete ou oito meses, mas que não sabia ao certo se esse poderia ser um dos motivos para o crime.
 
A vítima já morava na Vila Jerusalém há cerca de três anos. De acordo com informações, Enoque bebeu em um bar até as 4 da manhã. O homem de 44 anos estava solteiro no momento e deixa uma filha pequena.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »