25/01/2018 às 17h02min - Atualizada em 25/01/2018 às 17h02min

Com plenária lotada, criação do distrito industrial de Canaã é aprovada pela Câmara Municipal

Distrito levará nome de empresário canaense falecido em 2012

- Jornal In Foco
O legislativo canaense aprovou na manhã desta quinta-feira (25) a criação do distrito industrial de Canaã dos Carajás. A decisão foi aprovada de maneira unânime pelos 10 vereadores presentes. Na ocasião, a Câmara Municipal ficou lotada e a aprovação final foi bastante comemorada pelo público presente. Algumas autoridades locais compareceram à votação. Entre elas, o prefeito em exercício Alexandre Pereira, os secretários Jurandir José, André Wilson, Divino Sousa e Wilson Reis.
 
Como a inauguração do distrito industrial já tem data marcada e os trabalhos do legislativo só voltam oficialmente no dia 06 de fevereiro, a convocação de uma sessão extraordinária foi necessária. A área em que funcionará o distrito foi doada pela mineradora Vale no final de 2017. Por lá, também deverá funcionar o tão sonhado polo universitário e, de acordo com o governo, já há conversas avançadas com algumas instituições para a vinda de cursos superiores para a Terra Prometida.
 
De acordo com o vereador Gesiel Ribeiro, a área abrigará boas alternativas: “Teremos três grandes projetos ali. O distrito industrial, o polo universitário e um polo agro rural para as famílias que estão vivendo ali naquela área. Essas são conquistas que estão chegando para a cidade. Nós vamos estar juntos com todos no desenvolvimento desse município.”
 
Em entrevista, o secretário Jurandir José falou sobre o assunto: “Nós criamos um modelo de distrito empresarial, pois é direcionado aos grandes, médios e pequenos empresários, além da prestação de serviços. Estamos preparados para qualquer tamanho de empresa que venha desenvolver o nosso espaço lá. Tenho certeza que tudo isso vai ser muito bom para o empreendedor.”


 
Alexandre Pereira afirmou que este primeiro passo é muito importante para Canaã: “Nós precisamos incorporar na cabeça do cidadão a necessidade de se criar um novo modelo econômico para que, no futuro, possamos sobreviver sem a mineração. Acreditamos que o distrito vai gerar emprego e renda para o nosso povo. Canaã tem potencial e nós estamos muito animados.”


 
Sobre os conflitos agrários na área, o prefeito em exercício afirmou que as conversas estão adiantadas: “Nós conseguimos um grande avanço com os movimentos sociais nessa questão. Nós conseguimos sentar com a Vale e as famílias ocupantes das áreas. Criamos uma proposta para que possamos ter a mineração, o distrito, o polo e os ocupantes, cada um com seu pedaço de terra apto a produzir. Já está sendo resolvido e a paz reinou entre os movimentos sociais e Prefeitura Municipal.”
 
Também na ocasião, o nome do empresário Antônio José de Araújo, o Toninho da Droganorte, foi escolhido como topônimo do distrito. O empresário, que faleceu em 2012, foi diretor da Agência Canaã, presidente da Associação Comercial e secretário de indústria e comércio. O Distrito Industrial Antônio José de Araújo será inaugurado na próxima sexta-feira (2), em cerimônia oficial que deverá reunir um bom número de autoridades e empresários da região.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »