16/01/2018 às 17h17min - Atualizada em 16/01/2018 às 17h17min

Encontro pedagógico marca recomeço dos trabalhos na educação municipal de Canaã dos Carajás

Evento tem o objetivo de estabelecer metas e debater melhorias no ensino

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Fotos: Jefferson ASCOM
O trabalho da educação municipal já começou no ano de 2018 em Canaã dos Carajás. Com o início das aulas já marcado para a próxima quinta-feira (18), centenas de profissionais da educação participam de um Encontro Pedagógico para o debate e a reflexão dos métodos de ensino. O principal objetivo do encontro é discutir maneiras de se obter melhorias na qualidade de ensino aos alunos. O evento teve início na manhã desta terça-feira (16), foi divido em quatro polos de acordo com segmento e deverá se estender até a próxima quinta-feira.
 
Após o sucesso da pasta no ano de 2017, a gestão tem pela frente a missão de conquistar ainda mais avanços no setor. Com a completa extinção do turno intermediário nas escolas, Canaã vive um novo momento na educação. Conforme destacou o secretário André Wilson, ainda em 2017, o objetivo é fazer da cidade referência regional e nacional.
 
O Centro de Formação de Servidores, que abrigará os profissionais da educação infantil do município durante o encontro, contou com a presença do prefeito em exercício Alexandre Pereira. O gestor deu o pontapé inicial ao evento junto aos servidores. Segundo ele, Canaã está em situação privilegiada em questões relacionadas à infraestrutura das escolas e salário de funcionários. Alexandre afirmou ainda que o fim do turno intermediário pode representar um novo ciclo de melhorias constantes para todos os estudantes.


 
Quem também esteve presente foi o secretário André Wilson. De acordo com ele, o município tem feito a sua parte e cabe agora aos profissionais maior qualidade no serviço prestado: “Canaã tem oferecido condições de trabalho, salários em dia. Nós temos o dever de trazer resultados”


 
Uma das grandes novidades apresentadas pela Rede de Ensino em 2017, e que se manterá em 2018, é o suporte fonoaudiólogo. Alessandra Dias é profissional da área e falou sobre o trabalho desenvolvido no último ano: “Tivemos no ano passado um ganho para a educação, pois pela primeira vez houve um fono dentro da escola. O trabalho foi fazer uma prevenção das crianças que apresentam alguma dificuldade e o porquê de não estarem aprendendo. O nosso projeto “Fono&Aprendizagem” foi para a escola justamente para ver essa criança e tentar intervir o mais rápido possível.”
 
Alessandra também destacou o trabalho que será feito em 2017: “No ano passado, as crianças passaram por acompanhamento e esse ano nós vamos fazer a intervenção, que é a terapia com essas crianças e encaminhamento para os profissionais competentes, e continuar um trabalho com os professores. O trabalho é também cuidar da saúde vocal dos profissionais, pois a grande parte apresenta rouquidão e isso é um grande fator de afastamento dos professores.”
 
Na ocasião, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) também foi apresentado aos servidores. O PNAIC é um compromisso firmado entre as esferas municipal, estadual e federal para garantir a alfabetização até o 2º ano do ensino fundamental. Para tanto, o incentivo à leitura deverá começar mais cedo e ser parte crucial do processo de alfabetização. “A criança, desde a educação infantil, tem total capacidade de aprender a ler e escrever” explicou a diretora de ensino, Lenilda Araújo, durante a sua fala.


 
Além do Centro de Formação de Servidores, o Encontro também acontece simultaneamente em outros três polos:
 
Polo 2 - EMEF Tancredo de Almeida Neves – Professores do 1º a 5º ano e coordenadores.

Polo 3 – EMEF Alexsandro Nunes de Sousa – Professores do 6º a 9º ano e coordenadores / EJA-Educação de Jovens e Adultos.
 
Polo 4 – NEI Benedito Faustino Malachias – Educação Especial e Serviço de Orientação Educacional.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »