25/05/2017 às 10h17min - Atualizada em 25/05/2017 às 10h17min

Polícia faz reintegração de posse na Fazenda Marajaí

60 pessoas foram presas na ação com armamento ilegal

Kleysykennyson Carneiro com informações de Adeilton Teixeira - Jornal In Foco
Em uma operação conjunta com o Departamento de Operações Especiais de Belém (DIOE), a Polícia Militar cumpriu mandato de prisão de líderes sem-terra que mantinham acampamento na Fazenda Marajaí. O mandato foi expedido pelo juiz de direito Amarildo José Mazutti que decretou a prisão dos posseiros por desobediência, formação de bando, esbulho e danos patrimoniais. Cerca de 60 posseiros foram detidos e levados para a delegacia de Canaã dos Carajás.
 
Esta já é a segunda vez, em um período de uma semana, que a fazenda é desocupada. Os posseiros já haviam sido retirados no dia 18, conforme decisão da 3ª Vara Agrária de Marabá. A operação Sudeste tinha, segundo informações, o objetivo de desapropriar 10 áreas no sul e sudeste do Pará. A prisão dos homens transcorreu de forma pacífica.
 
Durante a segunda desocupação, a PM encontrou armas e munições ilegais e as apreendeu. Dez pessoas foram indiciadas por porte ilegal de arma e formação de quadrilha, e foram transferidas na manhã desta quinta-feira, 25, para a cidade de Marabá.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »