22/05/2017 às 23h02min - Atualizada em 22/05/2017 às 23h02min

Maria, a mãe do filho de Deus

A imagem da santa visitou Canaã dos Carajás e trouxe emoção aos fieis

Luana Lourinho - Jornal In Foco
No último domingo (21/05), na Igreja Matriz de São Pedro e São Paulo em Canaã dos Carajás/PA foi a despedida da visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. A noite foi de muita oração e emoção para os católicos do município; a Imagem Peregrina é a mesma usada no Círio de Nazaré em Belém e onde quer que haja devotos de Maria, lá estará a imagem da Santinha.

Durante o Concílio Vaticano II, o Papa Paulo VI declarou solenemente: ‘Maria é Mãe da Igreja, isto é, Mãe de todo o povo cristão, tanto dos fiéis como dos pastores’ (21 de novembro de 1964). Em 30 de junho de 1968, no Credo do Povo de Deus, ele repetiu essa verdade de forma ainda mais forte: “Nós acreditamos que a Santíssima Mãe de Deus, nova Eva, Mãe da Igreja, continua no Céu a sua missão maternal em relação aos membros de Cristo, cooperando no nascimento e desenvolvimento a vida divina nas almas dos remidos.”

Desta maneira Maria é para os católicos a Mãe da Igreja por ser mãe de Jesus, o que é chamado e “exagero” ou “idolatria” por outras protestantes, para os católicos é chamada de “devoção”, “veneração” que são palavras muito diferentes das duas primeiras citadas.
No evangelho de Lucas é dito “Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus”, “Ele será grande — continua o anjo — e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim" (Lc 1, 31-33).
Mais detalhista é o evangelho de João onde ele diz, “O Verbo se fez carne, e habitou entre nós", ele diz, o Verbo "que estava desde o princípio junto de Deus" e que "era Deus". Maria foi desde sempre predestinada a ser a “Mãe do filho de Deus”, mesmo que para outros isso não seja aceito, mas o fato descrito pelo apóstolos verdadeiramente o é, Jesus foi gerado dentro de um útero de uma filha de Sião e de seio foi alimentado e no momento de sua morte era ela que estava de pé junto a cruz.

E mais uma vez no evangelho de João, “E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.
Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
João 19:25,26.

A comunidade católica de Canaã dos Carajás não é diferente, é devota, é fervorosa, é alegre, é amorosa, é cheia do Espírito Santo, pois o que vi nesta noite de domingo foi à presença do Deus vivo carregado nos braços por sua mãe, representado na pequena Imagem de Maria de Nazaré. Cantos, orações, terços entrelaçados nas mãos, comunhão, tudo isso e muito mais ecoou pelas paredes da Igreja Matriz.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »