29/11/2021 às 08h31min - Atualizada em 29/11/2021 às 08h31min

Menino pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'

O caso aconteceu em Vale do Anari, Rondônia, a 330 quilômetros de Porto Velho.

Dol
 

Marcas de batom na mão através de um "X" se tornou recentemente uma campanha contra a violência doméstica e ajudou mulheres a denunciarem agressões sofridas dentro de casa. Essas são formas encontradas para diminuir uma prática que faz vítimas todos os dias, e todos os esforços são válidos. 

Cansada de conviver com as agressões diárias impostas pelo pai contra a mãe, uma criança de oito anos decidiu pedir socorro a professora através da prova da escola.

Menino de 12 anos dirige carro escondido e destrói veículos

O menino usou a avaliação para escrever um pedido de socorro no rodapé da prova. “Por favor me ajuda. Meu pai bate na minha mãe. Chama pra mim a polícia”, dizia o recado seguido do endereço. O caso aconteceu em Vale do Anari, Rondônia, a 330 quilômetros de Porto Velho.

O caso, ocorrido na última quinta-feira (25), rapidamente passou a ser compartilhado em redes sociais por todo o país, acendendo um debate sobre a violência contra a mulher que assola o Brasil.

A investigação aponta que a mãe do garoto sofria diversas agressões do marido, além de ameaças e violência psicológica. A Polícia Civil foi notificada pela escola e esteve no endereço da residência indicada pelo menino. A criança e seus três irmãos, um de 16, 14, e 13 anos, foram encaminhados a um abrigo da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, as crianças também eram vítimas das violências praticadas pelo homem há mais de dez anos. A família ficará sob proteção enquanto aguarda decisão da Justiça.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »