05/11/2017 às 00h52min - Atualizada em 05/11/2017 às 00h52min

Canaã joga melhor, busca placar, mas entrega nos pênaltis e Itupiranga está na final do Copão Sul do Pará

Em jogo eletrizante no Benezão, Canaã vence por 4 a 2 no tempo regulamentar, mas vai mal nos pênaltis e está eliminada da competição

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Fotos: Ricardo Mesquita
A seleção de Canaã dos Carajás está eliminada do Copão Sul do Pará 2017. A equipe vinha fazendo uma competição acima da média e era uma das grandes favoritas à conquista do título. Já se esperava duas partidas duríssimas contra a seleção de Itupiranga, mas a maioria dos especialistas apontava Canaã como a dona das maiores chances de ser campeã. No entanto, na partida de ida, disputada em Itupiranga, a seleção da terra prometida tomou uma surra de cipó do time local e o 3 a 1 no placar acabou saindo barato. Para Canaã, o que ficou foi a árdua missão de reverter o placar em casa, no estádio Benezão, neste sábado (4).
 
Confira abaixo as escalações dos times
 
Canaã: Jackson, Dione, Leandro, Wadson, Kleber (Peteca), Amaral (Luquinhas), Cosmo (Barruan), Rafinha, Lucas (Alan), Maninho, Cleufane e Diogo (Clécio); Técnico: Biro-Biro
 
Itupiranga: Junior, Josequias (Alielson), Lucas, Fernando, Walison, Erlani (Welington), Leonardo, Thiago (Adriano), Tairon, William e Geovan (Manoel); Técnico: Miguel Filho
 
Arbitragem: Jorge Moscoso, Tânia Lopes, José do Bonfim e Joelson Galvão
 
 
1º tempo
 
Canaã entrou em campo sabendo que só a vitória interessava. O técnico Biro-Biro fez a sua parte e montou um time bastante ofensivo para o jogo. Cleufane e Maninho, aberto nas laterais, deram trabalho para a defesa adversária com bons lances de velocidade e Diogo, sempre centralizado, buscava as oportunidades de gol esbarrando com os zagueiros adversários.
 
Jogando com o regulamento debaixo do braço, Itupiranga não tinha pressa para sair jogando. Os grandes destaques da equipe visitante eram o talentoso meia Tairon e o rápido lateral esquerdo Walison. Com boa troque de passes, Itupiranga chegou a levar perigo ao gol canaense, mas a zaga local, com Wadson e Leandro, fez um bom trabalho e mandou pra longe as chances de perigo.


 
Aos 14 minutos, em uma bola levantada na área, o centroavante Diogo, voltando de lesão, abriu o placar. O resultado ainda não servia para Canaã e uma verdadeira blitz da equipe aconteceu contra o gol adversário.
 
Tanta pressão deu resultado e aos 32 minutos, Diogo fez o segundo e levantou a torcida local. Com esse resultado, a partida já iria para os pênaltis.
 
Itupiranga não se deu por vencido e passou a atacar pelo lado direito. A equipe visitante encontrou uma verdadeira avenida nas costas do lateral Kleber, que apoiava bem no ataque, mas não conseguia fazer um bom papel na defesa. Em um contra-ataque, Canaã quase fez o terceiro com Maninho, que chutou no travessão sozinho, após um bate-rebate na área.


 
Aos 44, o atacante Geovan sofreu falta na intermediária. O meia Tairon foi para a cobrança e mandou uma bomba. Contando com a sorte, a bola morreu de mansinho no fundo gol depois de desviar na barreira e o goleiro Jackson escorregar e não chegar a tempo. 2 a 1 no placar e Itupiranga se classificava.
 
No intervalo, o atacante Diogo falou sobre os dois gols: “Eu falei que ia fazer os dois gols e fiz. Eu estou voltando de lesão e não estou 100%, mas eu tenho muito a dar pela seleção e tenho certeza que o placar virá no segundo tempo.”


 
O meia Tairon também comentou o gol que fez: “Fui feliz de acertar um belo chute, tive a sorte que a bola desviou na barreira e felizmente entrou. Nosso time está de parabéns, pois acordou nos últimos 10 minutos. Para o segundo tempo, não vamos ficar atrás.”


 
O técnico de Itupiranga, Miguel Filho, avisou que o time não iria recuar, mesmo com o placar favorável: “Nós vamos jogar para cima, empatar e até virar o jogo, pois temos condições. Nosso time acordou no finzinho. Esse resultado não é o bastante para nós, vamos para cima e queremos virar o jogo. Canaã é um bom time, o Diogo é alto, bom de bola, estão jogando muitas bolas cruzadas e o nosso time bobeou, pois não se pode deixar ele solto. Vamos cuidar para não tomar mais gols bobos.”


 
O técnico de Canaã, Biro-Biro, também comentou o jogo: “Fizemos o resultado já no início. Eu falei para os meus jogadores que eles estão muito ansiosos, precisam ter mais tranquilidade nessa última bola nossa pra gente poder chegar no terceiro gol. Além disso, tivemos duas falhas do nosso lado esquerdo, vamos tentar corrigir e fazer o resultado logo para não ir pros pênaltis.”


 
2º tempo
 
Itupiranga veio para o segundo tempo com duas alterações: Welington no lugar de Erlani e Manoel no lugar de Geovan. Com as mudanças, Itupiranga começou melhor o jogo, encontrou a velha avenida pela direita e por muito pouco não virou o jogo. Jackson salvou a equipe canaense e operou, pelo menos, quatro verdadeiros milagres durante a partida.
 
Percebendo o momento ruim, Biro-Biro mexeu no time: Peteca substituiu o questionado Kleber, Luquinhas substituiu Amaral e o atacante Barruan entrou no lugar de Cosmo. A equipe melhorou no jogo e começou a levar perigo ao adversário.
 
A torcida pediu, Alan entrou no time de Canaã substituindo Lucas e, com 30 segundos em campo, participou da jogada que deu origem ao terceiro gol marcado por Luquinhas, aos 20 minutos.
 
Percebendo a dificuldade, Itupiranga também fez algumas alterações: Alielson entrou no lugar de Josequias e Adriano no lugar de Thiago. Por Canaã, Diogo, muito aplaudido, foi substituído por Clécio.
 
Aos 32 minutos, Canaã fez o gol quarto. O zagueiro e capitão Leandro foi no terceiro andar e desviou para o fundo da rede. 4 a 1 para Canaã e a classificação estava garantida.
 
O que ninguém contava é que aos 40 minutos, Tairon se consagraria como um espetacular batedor de faltas. Em um tiro livre na frente da área, o camisa 10 jogou por cima da barreira sem chance de defesa para Jackson. 4 a 2 e decisão levada para os pênaltis.
 
Pênaltis
 
Batedores de Canaã: Maninho, Rafinha, Alan, Luquinhas, Leandro e Barruan
 
Batedores de Itupiranga: Junior, Walison, Adriano, Leonardo, Tairon e Fernando.


 
Itupiranga começou com as cobranças. Na primeiro pênalti, o goleiro Junior mandou uma bomba no funda do gol.
 
Por Canaã, Maninho foi para a cobrança e com muita tranquilidade também deixou a sua marca.
 
Por Itupiranga, Walison cobrou e Jackson defendeu.


 
Canaã teve a chance de sair na frente do placar, mas Rafinha chutou fraquinho e o goleiro Junior fez a defesa.
 
Foi a vez de Adriano, de Itupiranga, ir para a cobrança. Mais uma vez, Jackson fez uma belíssima defesa.
 
Alan, quando teve sua chance, não desperdiçou e fez 2 a 1 para Canaã.
 
Leonardo, de Itupiranga, cobrou e mandou uma bomba no travessão. A equipe visitante ficou em situação delicada.
 
Luquinhas foi para a bola e, se marcasse, Canaã estaria na final. No entanto, o meia, que entrou bem no jogo, chutou para fora.
 
O talentoso Tairon foi para a cobrança e não desperdiçou. 2 a 2 no placar.
 
Coube ao capitão e autor do quarto gol, Leandro, a tarefa de levar Canaã para a próxima fase. No entanto, o chute foi para fora.
 
O zagueiro Fernando pôs Itupiranga na frente, já nas cobranças alternadas, mandando a bola para o fundo da rede. 3 a 2 para Itupiranga.
 
Por último, Barruan foi para a cobrança. O pênalti foi defendido pelo herói da noite, o goleiro Junior. Fim de papo e Itupiranga está na final.




 
O goleiro Junior falou sobre a vitória: “É uma emoção muito grande poder defender e ajudar o meu time chegar na final.” Sobre a provocação feita pelo goleiro Jackson após defender os dois pênaltis, Junior disse: “Isso é normal, qualquer um provoca, faz graça, isso faz parte. Agora é focar na final, entrar em campo com o sapatinho lá em baixo e tentar fazer o melhor contra a seleção de Marabá para ver se saímos com o título.”


 
Conforme falou o goleiro, Itupiranga enfrentará Marabá na final do Copão Sul do Pará em duas partidas. A data do jogo ainda será definida. Canaã, após ter a faca e o queijo na mão, deixou passar a chance do bicampeonato do Copão. O que resta agora é esperar por uma nova chance no ano que vem.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »