13/10/2021 às 09h14min - Atualizada em 13/10/2021 às 09h14min

IFPA oferta curso para indígenas Warao refugiados

Venezuelanos vieram para Belém após problemas no seu país.

Dol
 

No dia 13 de outubro, quarta-feira, será realizada a aula inaugural do Curso Profissionalizante de Soldador Eletrodo Revestido, ofertado pelo Instituto Federal do Pará (IFPA) aos indígenas Warao refugiados da Venezuela. O evento ocorre às 15h, no Auditório Claudio Matni, localizado na Reitoria do Instituto, e contará com a presença do Reitor do IFPA, Claudio Alex da Rocha e do Pró-Reitor de Extensão, Fabricio Alho, além de representantes da Fundação Papa João Paulo XIII (Funpapa) e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR).

Aprovado pelo edital Proextensão 2021, o projeto visa capacitar os indígenas Warao que vieram para Belém em busca de abrigo e oportunidades, devido a problemas internos na Venezuela. A intenção é que a capacitação oportunize aos refugiados o ingresso ao mundo do trabalho e a inclusão social.

“O referido projeto visa a capacitação de indígenas Warao Venezuelanos que residem em nossa sociedade paraense, público-alvo deste projeto, na área de soldagem. Eles buscam oportunidades através de cursos que venham agregar habilidades que permitam auxiliar na conquista de um emprego ou desempenhar atividades que gerem renda para sustentar sua família, contribuindo para uma vida digna”, explica o Professor Hélio Almeida, Coordenador do Projeto.

O evento ocorre às 15h, no Auditório Claudio Matni, localizado no 3° andar do prédio da Reitoria do IFPA (Endereço: Avenida João Paulo II, n° 514. Bairro Castanheira).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »