31/08/2021 às 17h20min - Atualizada em 31/08/2021 às 17h20min

Manifestação pede justiça pela morte de prefeito em Tucuruí

Jones William da Silva Galvão foi assassinado a tiros no dia 25 de julho de 2017, na estrada de acesso ao aeroporto de Tucuruí

Dol
 

Na manhã desta terça-feira (31), familiares e amigos do ex-prefeito do de Tucuruí, Jones William da Silva Galvão, realizaram um protesto em frente ao Fórum do município. Os manifestantes querem os julgamentos dos mandantes e executores da morte do político.

Estiveram presentes no ato o filho de Jones Willian, Mateus Galvão, e o vereador Welber Galvão, irmão do político assassinado. A manifestação seguiu para a BR-422. Houve bloqueio da via.

Veja as notícias sobre o caso:

Prefeito de Tucuruí, Jones William, é executado em atentado a tiros

Prefeito de Tucuruí presta depoimento sobre assassinato de antecessor

Suspeito de assassinar prefeito de Tucuruí matou 20 pessoas desde os 16 anos

Suspeito de matar prefeito de Tucuruí e empresário é preso

Contratante de pistoleiros que mataram prefeito é ouvido pela Polícia

Tiroteio em bar mata suposta testemunha de caso Jones William

Homicídio

Jones William da Silva Galvão, que era filiado ao PMDB, foi assassinado a tiros no dia 25 de julho de 2017, enquanto visitava obras de recapeamento da estrada de acesso ao aeroporto, em uma área conhecida como Ocupação Cristo Vive.

Segundo a Polícia Civil, Jones William foi atingido por vários disparos de arma de fogo efetuados por homens que passaram no local em uma moto. O prefeito chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional de Tucuruí.

Natural de Italva (RJ), Jones William tinha 42 anos e era casado. Antes de assumir a prefeitura de Tucuruí, exerceu o cargo de vereador do município, entre os anos de 2008 e 2011, à época filiado ao PT.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »