20/10/2017 às 13h40min - Atualizada em 20/10/2017 às 13h40min

Árvores frutíferas serão plantadas no lugar das que foram cortadas na praça do Papai Noel, afirma engenheiro

Após polêmica, engenheiro responsável pela obra explica a razão do corte das árvores e garante que árvores frutíferas serão plantas no local

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
Fotos: Kleysykennyson Carneiro
Durante a semana, uma polêmica se formou nas redes sociais em Canaã dos Carajás. Fotos foram divulgadas em grupos de Whatsapp de algumas árvores antigas que foram cortadas na praça do Papai Noel. A obra não foi inaugurada ainda, mas promete abrigar um complexo esportivo que será referência em toda a região sul e sudeste do Pará. Do lado de dentro da praça, um campo society com grama sintética e uma das maiores pistas de skate do estado, são grandes atrativos de lazer para a população.




 
Após a polêmica, fomos até a obra e encontramos o engenheiro civil Diógenes Gregório, responsável pela obra. Em entrevista, o profissional explicou que a própria Prefeitura Municipal fez o corte das árvores com o aval da Secretaria Municipal de Meio Ambiente: “Na verdade, esse corte ocorreu porque daquelas árvores caíam umas folhinhas bem pequenas e, como essa quadra é de grama sintética, a manutenção dela ficaria ruim. Para fazer a limpeza, teria que tirar o granulado e prejudicaria a grama. Depois disso, chegaram à conclusão de que era melhor cortar essa árvore e plantar no lugar árvores frutíferas, que possuem folhas maiores, como o pé de jambo. Para deixar claro, novas árvores serão plantadas no lugar.”
 
O engenheiro disse também que a obra já está quase pronta e a inauguração será em breve: “Aqui já está faltando pouca coisa, o calçamento e a pintura. A previsão de entrega é para o final de novembro e começo de dezembro. Até lá, as novas árvores já estarão plantadas no lugar.”
 
A polêmica chegou até o legislativo municipal e o vereador Gesiel Ribeiro, em suas explicações pessoais na última sessão, acabou criticando o ato e cobrando explicações da Secretaria de Meio Ambiente. Pelas fotos, é possível notar que o campo realmente é bem próximo das árvores e a estrutura sintética poderia ficar, de fato, prejudicada pelas pequenas folhas. Com a polêmica esclarecida, agora é aguardar a inauguração da obra para conferir a nova arborização da praça.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »