17/08/2021 às 08h28min - Atualizada em 17/08/2021 às 08h28min

CAN volta a ser aberto para visitação após um ano

Está permitido o acesso de grupos formados por até dez pessoas ao Centro Arquitetônico de Nazaré, em Belém, que guarda a história do Círio. A programação estava suspensa desde o ano passado por causa da pandemia

Dol

A Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré retomou, na noite de ontem, as visitas guiadas ao Centro Arquitetônico de Nazaré (CAN). Suspenso desde o ano passado por causa da pandemia da Covid-19, o passeio vai estar disponível novamente para grupos de até dez pessoas, que deverão seguir todas as medidas sanitárias, como uso de máscaras e álcool, para que possam conhecer de maneira segura a história que envolve o Círio de Nazaré, por meio de quatro lugares históricos que integram o complexo, cada um com suas particularidades em relação a maior festividade católica do Brasil.

A própria Basílica será um dos espaços visitados no passeio, onde os grupos vão conhecer a história da edificação que data do ano 1861, assim como toda sua arquitetura representada por meio de adereços vitrais, mosaicos, grandes portas bronzeadas, estátuas, entre outros detalhes.

O espaço Memória de Nazaré também integra o roteiro. É lá que o visitante vai observar a fé mariana contada por meio de uma exposição. A emoção do Círio estará evidente no terceiro local de visitação, a Estação dos Carros Padre Luciano Brambilla, onde são guardados os carros de promessas e a Berlinda. A visita encerra no espaço Lírio Mimoso, onde podem ser adquiridos produtos oficiais da festa.

Para os organizadores, o retorno das visitas guiadas ao CAN vai estimular o turismo religioso, assim como reaproximar os fiéis do Círio, que este ano também será retomado pela direção da Festa, já que em 2020 não ocorreu, mesmo adaptado à pandemia, sem procissões. “A visita é uma atração turística e cultural que o Círio de Nazaré salvaguarda através dos seus ícones e acervo histórico. Levar os visitantes, mesmo que paraenses, a fazer memória da Festa é reacender a chama da esperança e luz que o Círio traz para cada um de nós”, disse Janes Jacques, coordenadora do setor de turismo da Basílica.

O retorno das visitas guiadas aos espaços que integram o CAN foi uma grata surpresa para o casal Taíco Alves e Newmara Alves, que saíram de Curitiba (PR) para curtir as férias em Belém e vão garantir o agendamento para visitação. “Queríamos vir na época do Círio, mas como só podemos agora, vamos fazer essa visita a esses espaços e temos certeza que vamos sentir a energia do Círio de Nazaré em cada elemento ou adereço que estão contidos”, afirmou Taíco.

E esse sentimento é o mesmo sentido pelos paraenses, sobretudo os que não moram mais em Belém e que sentem saudade da devoção mariana decorrente do Círio de Nazaré e encaram a visita guiada ao CAN como forma de reviver a maior manifestação católica do Brasil. “Estou morando em Fortaleza e não vou conseguir vir acompanhar o Círio, mas vou reviver ele fazendo essa visita guiada aos espaços do CAN”, contou Darlene Costa, 32, esteticista.

COMO VISITAR

- Os agendamentos podem ser feitos pelos telefones 4009-8448 ou 4009-8481.

- Ingressos para visitas sem agendamento podem ser adquiridos no Memorial de Nazaré, que fica no estacionamento da Basílica.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »