13/08/2021 às 08h34min - Atualizada em 13/08/2021 às 08h34min

Fundo Esperança: inscrições para nova fase iniciam hoje

Primeira etapa do financiamento para empreendedores beneficiou mais de 47 mil no Estado, com um total de R$ 135 milhões. Saiba como ter acesso

Agência Brasil
 

O Governo do Pará dá início hoje (13) à nova fase do Fundo Esperança 2021. Desta vez, o financiamento atenderá a micro e pequenas empresas do setor de transformação e cooperativas de trabalho, transporte e agricultura familiar. A reabertura das inscrições ocorre nesta sexta-feira (13), e podem ser realizadas no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Estado do Pará (Sedeme) e no portal do Banco do Estado do Pará (Banpará). A proposta do programa é proporcionar uma cota dos recursos do fundo, a empreendedores das 12 regiões de integração do estado.

“O Pará recebeu uma injeção de R$ 500 milhões direcionados ao Governador Helder Barbalho para subsídio de projetos econômicos que envolveram desde auxílios a trabalhadores autônomos em municípios afetados com as restrições e lockdown a até financiamento e empréstimos por meio do Banpará para estabelecimentos comerciais de diversos setores. O financiamento do ‘Fundo Esperança’, por exemplo, e o auxílio do programa ‘Incentiva mais Pará’ garantiram aporte financeiro para milhares de trabalhadores e empresários afetados pela pandemia”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), José Fernando Gomes Júnior.

De acordo com a coordenadora dos programas econômicos na Sedeme, Raquel Albuquerque, o Governo do Pará busca alavancar o setor produtivo durante essa nova fase de empréstimos. “Nós analisamos como foi distribuído o Fundo Esperança na primeira fase e observamos que o setor da indústria da transformação precisa também deste financiamento, e como é um setor estratégico, nós avaliamos priorizá-lo nesta etapa. As cooperativas, também, são prioridade nesta”, explica a técnica da equipe de governo.

LIMITE

Durante a primeira fase do Fundo Esperança 2021, o Governo do Pará disponibilizou, de março a junho, R$ 135 milhões para cerca de 47 mil empreendedores paraenses. Esses beneficiários não poderão ser contemplados nesta segunda fase. O limite do valor do financiamento para microempresas é de até, R$ 10 mil, e de R$ 15 mil para empresas de pequeno porte e cooperativas de trabalho, agricultura familiar e transporte. “É necessário que o CNPJ dessas entidades empresariais esteja ativo na Receita Federal e as empresas precisam ter sido constituídas até o dia 4 de março de 2021”, destaca a coordenadora Raquel Albuquerque.

Os empreendedores que tiverem suas propostas aprovadas poderão comparecer, em qualquer agência do Banpará, portando a documentação comprobatória para a contratação do financiamento conforme calendário estabelecido pelo mês de constituição do CNPJ.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »