12/08/2021 às 09h47min - Atualizada em 12/08/2021 às 09h47min

Pará tem aumento nas vendas do varejo em junho

Na maioria dos estados brasileiros, houve queda no movimento, segundo o IBGE, enquanto aqui, o comércio teve alta no movimento

Dol
 

“O período das férias e o Dia dos Pais ajudaram bastante a impulsionar as vendas nas últimas semanas. Se a gente comparar com o mesmo período do ano passado, o cenário está bem melhor”, disse o empreendedor Hícaro Carneiro. Ele tem uma loja de confecções no centro comercial de Belém e considera que aos poucos o faturamento na loja vem melhorando. “Este ano eu consegui manter o quadro de funcionários, por exemplo. Ano passado tive que desligar alguns vendedores”, ressaltou para sustentar a afirmação de que as vendas têm melhorado gradativamente.

A fala do lojista se confirma também nos números da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que foi divulgada ontem (11). O estudo mostra que no mês de junho, deste ano, o Pará seguiu na contramão do Brasil no que se refere às vendas no setor do varejo. Isto porque enquanto naquele mês as vendas caíram 1,7% no Brasil, no Estado do Pará elas aumentaram em 1,9%, segundo o IBGE. Nos dois casos, a média de vendas foi comparada com o índice de vendas obtido no mês de maio.

Hícaro cita uma coisa importante para o comércio: as datas comemorativas. No caso, ele citou o Dia dos Pais como um período em que as vendas foram positivas. Isto também foi comentado pelo vendedor Almir Lima, 56 anos, que trabalha em uma loja de calçados na Rua Santo Antônio, no centro comercial de Belém. “A semana que antecedeu o Dia dos Pais foi muito boa. Conseguimos bater algumas metas. A gente tem feito algumas promoções e estratégias para atrair clientes e conseguir manter uma boa média de vendas”, disse.

ANO

As ruas do centro comercial de Belém estavam relativamente movimentadas, porém se observava algumas lojas tranquilas. “Tem muita gente andando, poucas comprando. Tem gente que vem passear por aqui. Mas, apesar disso, temos tido boas vendas. Poderia estar melhor, mas ainda tem gente com medo de comprar ou de se endividar”, comentou a vendedora Ruth Gomes, 32.

A Pesquisa Mensal do Comércio mostra que as vendas no varejo estão melhorando. No comparativo entre junho de 2021 com junho de 2020, constata-se um aumento de 5,9% nas vendas. Vale lembrar que em junho do ano passado, o cenário de pandemia de covid-19 estava bem mais crítico e o comércio funcionando com muito mais restrições.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »