10/08/2021 às 10h11min - Atualizada em 10/08/2021 às 10h11min

Parte de efeitos da mudança climática pode ser irreversível

De acordo com o relatório, o que se pode esperar é a produção de eventos climáticos extremos "sem precedentes"

Dol
 

O aquecimento global vem se desenvolvendo cada vez mais rápido e isso tem causado preocupação em todo o mundo. Um relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU, publicado nesta segunda-feira (9), trouxe um alerta para o planeta. 

De acordo com estudos, alguns efeitos do aquecimento global podem ser irreversíveis, como a elevação do nível dos mares, derretimento de calotas polares, entre outros. Todos eles ocorrem principalmente pelo impulsionamento de emissões de gases causadores do efeito estufa, como afirma o IPCC.

A previsão, segundo o relatório, é que o limite de +1,5°C de aquecimento global em relação à pré-industrial será alcançado em 2030. Ou seja, dez anos antes do previsto, o que deverá produzir eventos climáticos extremos "sem precedentes". 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, define o relatório como "alerta vermelho" para a humanidade e que "deve pôr fim" às energias fósseis. 

"Este relatório deve pôr fim ao carvão e às energias fósseis antes que destruam o nosso planeta", disse Guterres em um comunicado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »