29/06/2021 às 17h58min - Atualizada em 29/06/2021 às 17h58min

Polícia prende o terceiro suspeito de envolvimento na morte da menina Ravyla, no Pará

G1 Pa
Genivaldo Nazaré Oliveira foi preso em Bragança. Ravyla foi encontrada morta, em área de mata, na última sexta-feira (25).

Na tarde desta terça-feira (29), foi preso o terceiro suspeito de envolvimento na morte da menina Ravyla de Sousa, 10 anos, sequestrada e assassinada em Viseu, nordeste do Pará. Por volta de 16h, a Polícia Civil prendeu Genivaldo Nazaré Oliveira, em Bragança, nordeste do estado. Ele já tinha sido ouvido pela polícia, mas o mandado de prisão só foi acatado pela Justiça nesta terça.

Pela manhã, também nesta terça (29), o segundo suspeito do crime, Zima Lima dos Santos, se apresentou na Delegacia Geral de Polícia Civil, em Belém. O representante comercial prestou depoimento por mais de cinco horas e depois foi encaminhado ao Centro de Perícia Renato Chaves, antes de seguir para o sistema prisional. A polícia havia conseguido um mandado de prisão temporária contra ele no dia 25 deste mês, mas não havia conseguido localizá-lo.

Ravyla foi encontrada morta, em área de mata, na última sexta-feira (25) após estar desaparecida por quatro dias. A menina havia saído no dia 21 para fazer compras para a família em uma feira próxima de onde morava e não voltou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »