08/06/2021 às 16h19min - Atualizada em 08/06/2021 às 16h19min

Criança de 3 anos é atropelada por motorista sem carteira.

Dol

A vítima foi levada para o Hospital Militar de Marabá pelo pai. O motorista foi levado para o posto da Polícia Rodoviária Federal.

Uso do celular, consumo de álcool, excesso de velocidade são os fatores que mais causam acidentes. Mas independente desses fatores, antes de pegar um veículo, é preciso ter habilitação.

Em 2020, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) recebeu 4.562 pacientes vítimas de acidentes de trânsito. Em 2019, foram 4.367 vítimas da imprudência nas vias paraenses. Os principais acidentes são causados por colisões de automóveis, com motocicletas e atropelamentos. 
 

É preciso ter consciência e responsabilidade antes de pegar um veículo, pois, além de colocar a vida do motorista e passageiros em risco, também podem causar acidentes envolvendo pedestre que andam tranquilamente pelas ruas.

No último domingo (06), um homem, sem habilitação, que conduzia uma motocicleta modelo Honda Biz, atropelou uma criança de três anos. O caso aconteceu na avenida Silvino Santis, Bairro Velha Marabá, em Marabá, no sudeste paraense.

A vítima foi levada para o Hospital Militar de Marabá pelo pai. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde da criança.

O motociclista foi conduzido por guardas municipais para o Hospital Municipal de Marabá, com ferimentos leves. Após receber atendimento, ele foi levado para o posto da Polícia Rodoviária Federal onde foi submetido ao teste de etilômetro. O exame constatou que ele não estava alcoolizado. Os procedimentos cabíveis estão sendo tomados. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »