01/03/2021 às 09h17min - Atualizada em 01/03/2021 às 09h17min

Pará negocia aquisição da vacina russa Sputnik V, usada no combate à Covid-19

- Jornal In Foco
O governador Helder Barbalho negocia a aquisição de doses da vacina russa utilizada na prevenção da Covid-19. A informação foi divulgada neste domingo (28) em um vídeo postado pelo governador nas redes sociais. A Sputnik V é produzida no Brasil pela farmacêutica União Química.

O chefe do poder executivo paraense e outros chefes de Estado participarão, nesta semana, de uma reunião sobre o assunto em Brasília. “Na próxima terça-feira estarei em Brasília junto com diversos governadores. Vamos visitar o laboratório União Química, responsável pela produção da vacina Sputnik-V. A unidade no Brasil é habilitada junto ao laboratório russo Gamaleya. A intenção é dialogar, inclusive com a embaixada russa, para aquisição do imunizante para ampliar a vacinação em todo nosso Estado”, anunciou Helder Barbalho.

O governador paraense também afirmou no vídeo que a gestão estadual destinou fundos específicos para aquisição de imunizantes. “Já possuímos recursos garantidos para aquisição de até 3 milhões de vacinas para ampliar fortemente a cobertura no entorno do nosso Estado”, detalhou.
Sobre os avanços para continuidade da vacinação em território paraense, Helder afirmou ainda que, nesta semana, o Pará deve receber mais uma remessa de vacinas. Os imunizantes serão encaminhados aos municípios para ampliar a vacinação. 

“Também quero anunciar que na quarta-feira deve chegar um importante lote de vacinas do Ministério da Saúde para que nós possamos ampliar cada vez mais a vacinação, e claro, os municípios possam cada vez mais rápido possível imunizar a nossa gente”, informou Barbalho.

Até agora, o Pará já recebeu cinco remessas de vacinas contra o novo coronavírus, totalizando 414.040 doses enviadas pelo MS ao Estado. O Estado é, atualmente, o 9º que mais vacina contra a Covid-19 no país, de acordo com dados divulgados neste final de semana pelo consórcio de veículos de imprensa.
O Pará deve receber 1,5 milhão de doses de imunizantes contra a Covid-19 até o dia 30 de março.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »