17/05/2017 às 09h18min - Atualizada em 17/05/2017 às 09h18min

Jovens de Canaã se aventuram no YouTube e já colecionam milhares de visualizações

Vídeos voltados ao público jovem têm feito sucesso entre todas as idades

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
REPRODUÇÃO
Não é de hoje que pessoas comuns, em sua maioria jovens, se tornam verdadeiras celebridades na internet. As redes sociais se tornaram plataformas de entretenimento com o passar dos anos e viabilizaram o surgimento de novos talentos mundo a fora. E um dos principais responsáveis por revelar verdadeiros fenômenos da internet é o YouTube.
 
 
Criado em 2005, o site é hoje o maior portal de vídeos existente no planeta. A plataforma possui mais de 1 bilhão de usuários, o que representa quase um terço das pessoas que têm acesso à internet em todo o globo. Por conta da sua proposta, que é a de socializar os meios de comunicação e tornar acessível a qualquer um a produção de conteúdo, o site é responsável pelo surgimento de verdadeiros astros, donos de legiões de fãs. Estes, conseguiram, por meio de seus canais, independência financeira através do tão sonhado AdSense, o serviço de mídia oferecido pelo Google, que tem construído, com o passar dos anos, novos milionários.
 
O Brasil é o segundo país do mundo com mais usuários do YouTube. A prova disso, é o nascimento de estrelas como Whindersson Nunes, Kéfera Buchmann, Júlio Cocielo, Felipe Neto e outros tantos, que somam juntos centenas de milhões de visualizações mensais. Todos estes, possuem algo em comum: são jovens, possuem milhões de inscritos, estão milionários e quebram aos poucos as barreiras da internet com filmes, peças de teatro, livros, etc.
 
Em Canaã dos Carajás, os sonhos de estrelato por meio da internet também são reais. E há jovens produzindo conteúdo e já obtendo milhares de visualizações em seus vídeos. Tivemos a oportunidade de conhecer três deles e saber um pouco sobre os temas que são tratados em seus canais, bem como os seus sonhos e as suas metas.
 
Kerllyson Carneiro e Michelle Daira são donos do canal “MKTube”. Este é voltado para as relações entre jovens casais cristãos. Os dois são casados há pouco mais de um ano e relatam em seus vídeos um pouco dessa convivência. A outra YouTuber, é Beatriz Jennifer, de apenas 18 anos, dona do canal “Bea Fernandes”, que possui centenas de inscritos e produz conteúdo voltado para a juventude.
 
Jornal Infoco: Qual o objetivo do canal de vocês?


Kerllyson e Michelle: Alcançar um público jovem e adulto, trazendo conteúdo diversificado, com temas em que impomos a nossa opinião e experiências.
 
Beatriz: O objetivo do meu canal, é compartilhar um pouco da minha vida e de tudo aquilo que eu faço.
 
Jornal Infoco: Como surgiu a ideia de produzir conteúdo no YouTube?
 
Kerllyson e Michelle: Tudo começou com um desejo de pregar a palavra de Deus e mostrar nossa opinião. Vimos que não tinha ainda muitos casais cristãos com conteúdo no YouTube, então resolvemos falar sobre isso.
 
Beatriz: Sempre tive vontade, mas tinha vergonha dos meus amigos, ou de não saber o que falar, mas uma vez fui desafiada a fazer um vídeo explicando sobre uma compra na internet e ele estourou!  Já tenho quase 13 mil visualizações, então vi que podia dar certo e estava começando a gerar dinheiro e que era algo que eu gostava de fazer.

Jornal Infoco: Quem são as inspirações de vocês?
 
Kerllyson e Michelle: Jesus.
 
Beatriz: Eu não tenho inspiração específica em nenhuma blogueira, mas assisto muito a Maju Trindade e o Whindersson, eles são duas figuras que me identifico. Não são superficiais, mas sim grandes exemplos de que nunca se deve desistir e que um dia a gente pode chegar em um lugar que sempre sonhamos, basta acreditar.

Jornal Infoco: Qual o conteúdo específico do canal?
 
Kerllyson e Michelle: O conteúdo é bem diversificado, temas do cotidiano, sempre com nosso ponto de vista cristão.
 
Beatriz: O meu canal não tem conteúdo específico. Falo um pouco de tudo, como disse antes, quero compartilhar um pouco da minha vida, então fica em aberto.

Jornal Infoco: Existe alguma meta de inscritos e de visualizações por mês e ano?
 
Kerllyson e Michelle: A meta seria pelo menos 50 inscritos por mês. Quanto as visualizações, sempre queremos alcançar o máximo possível.
 
Beatriz: Para mim não existe meta. Só o que quero no momento é produzir vídeos e conteúdos com qualidade e com frequência, pois isso, na verdade, é o que atrai seguidores. Se não houver essa qualidade fica difícil conseguir chegar em algum lugar.
 
Jornal Infoco: O YouTube dá dinheiro mesmo? É possível sonhar com a independência financeira por meio desse portall?
 
Kerllyson e Michelle: Não entramos com o intuito de ganhar dinheiro, mas acompanhamos algumas pessoas que ganham sim. Por serem conhecidas, acabam faturando bastante com marketing ou palestras. É possível sonhar sim, nosso objetivo é viajar para pregar em outros lugares.
 
Beatriz: Sim, o YouTube dá dinheiro. Inclusive já recebi uma vez. Fiquei muito feliz e sem acreditar. Isso vem com muito esforço, é claro. O dinheiro foi investido no próprio canal. É possível conquistar essa independência, basta ter criatividade e foco.
 
Jornal Infoco: Qual o público alvo de vocês?
 
Kerllyson e Michelle: Jovens e adultos.
 
Beatriz: Em grande parte, os que me assistem são jovens. Mas não tenho um público específico. Em breve lançarei um quadro da palavra de Deus em que espero aconselhar algumas pessoas e alcançar o máximo de pessoas possível.

Jornal Infoco: Como fugir do que é convencional e criar conteúdo criativo e inédito?

Kerllyson e Michelle: Tentamos usar temas do dia a dia e criar um conteúdo de acordo com nosso conhecimento e experiência.
 
Beatriz: Ah, isso vai de cada pessoa. Quando a gente faz aquilo que ama, as ideias surgem. Sempre procuro observar a sociedade, a curiosidade das pessoas e com as minhas ideias, às vezes, consigo esclarecer. Lembro de muitas vezes acordar de madrugada e gravar algum vídeo que do nada surge na minha cabeça.

Jornal Infoco: Quem cuida da produção do conteúdo, da direção e dos vídeos de vocês?

Kerllyson e Michelle: Um amigo que tem nos ajudado desde o início, o Cimar Júnior, da empresa Level VídeoMaker.
 
Beatriz: Eu mesma cuido de tudo, até, quem sabe um dia, as coisas melhorarem. Pago alguém apenas para editar, pois essa é a parte mais cansativa.

Jornal Infoco: Qual o sonho de vocês?
 
Kerllyson e Michelle: Ministrar a palavra de Deus em outros lugares, outras igrejas.
 
Beatriz: Meu sonho é um dia ser reconhecida como alguém que já fez muitas pessoas rirem no momento em que estavam tristes. E quando viram o meu vídeo, o dia ficou melhor.

Jornal Infoco: Vocês poderiam deixar uma mensagem para as pessoas que também começam a sonhar com esse mercado e passam a ver vocês como inspirações?

Kerllyson e Michelle: Primeiro, tenha um objetivo, depois foco! Se dedique, tenha a certeza de que é isso que você quer, afinal depois que você entrar tem que seguir em frente. Em tudo o que você buscar realizar na vida, o esforço é necessário e, quando alcançar, você vai ver que valeu a pena.
 
Beatriz: Bom, o que eu digo é que não desista dos seu sonhos por ninguém. As negatividades vêm, mas se é aquilo que você sonha, tem a capacidade e ama aquilo que faz, não ligue! Eu me inspiro muito no Whindersson, pois muita gente disse que não ia dar certo, ele pensou muitas vezes em desistir, mas hoje ele está ai e faz sucesso. Então, pare de se importar com aquilo que as pessoas falam! Faça aquilo que você gosta. Fácil não vai ser, mas mostre a todos que você é capaz e se torne mais uma inspiração nesse mundo!
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »