30/03/2020 às 11h01min - Atualizada em 30/03/2020 às 11h01min

Remo e Paysandu assinam documento pedindo recursos financeiros junto à CBF

Os capitães, Vinícius do Leão, e Micael do Papão, assinaram o documento

- Jornal In Foco
Zé Dudu

Com o avanço da pandemia do Coronavírus pelo mundo, o calendário das competições esportivas de todas as modalidades passou a ser incerto para a temporada de 2020. Com a paralisação de todos os campeonatos estaduais do Brasil e sem datas definidas agora para o retorno, e nesse momento sem previsão para a disputa das demais competições como o Campeonato Brasileiro das quatro divisões: A, B, C e D, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), poderá encerrar de vez todos os estaduais para não atrapalhar o calendário do Brasileirão.

Nesta quinta-feira (27/03), 46 clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro desta temporada, se reuniram por teleconferência para discutir o calendário do futebol nacional. Quase todos os dirigentes aprovaram a ideia de encerrar os estaduais e visar o retorno das atividades já pensando no Brasileirão. Boa parte dos clubes liberaram seus atletas e funcionários, devido ao Covid-19. O pedido poderá ser oficializado para a CBF, que já tinha sugerido a medida para os clubes.

“A intenção do presidente da CBF, Rogério Caboclo, é encerrar os campeonatos estaduais. Estamos estudando algumas formas de flexibilizar condições contratuais para que tudo possa ser feito da melhor maneira possível. Qualquer mudança que vier a ocorrer no Campeonato Brasileiro, caso haja necessidade, será feita de forma democrática, com a anuência dos 20 clubes da Série A. Não há nenhuma intenção de transformar o calendário do futebol brasileiro em calendário europeu. Isso eu já posso adiantar”, afirmou Walter Feldman, secretário-geral da CBF.

Além da reunião via teleconferência, os times que vão disputar a Série C de 2020, fizeram um pedido financeiro junto à CBF assinando um documento nesta sexta-feira (27/03). O goleiro Vinícius representou o Clube do Remo, e o zagueiro Micael foi o representante do Paysandu Sport Club, ambos capitães de Leão e Papão. O documento foi assinado por 16 atletas dos times da Série C, onde pedem recursos financeiros justificando que os clubes sobrevivem da renda de seus jogos em casa e os valores são para manter as folhas salariais de seus elencos, comissões técnicas e funcionários.



O documento também foi assinado pelos capitães de Botafogo-PB, Brusque-SC, Ferroviário-CE, Imperatriz-MA, Ituano-SP, Jacuipense-BA, Manaus-AM, Santa Cruz-PE, São Bento-SP, São José-RS, Treze-PB, Vila Nova-GO, Volta Redonda-RJ e Ypiranga-RS, que alegaram prejuízos financeiros com a paralisação do futebol. Quatro equipes não assinaram o documento sendo o Boa Esporte-MG, Criciúma-SC, Londrina-PR e Tombense-MG. O documento assinado pedindo recursos financeiros junto à CBF foi postado pelo zagueiro Danny Morais, capitão do Santa Cruz, em seu instagram: danny_morais4

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »