27/01/2020 às 11h03min - Atualizada em 27/01/2020 às 11h03min

​Bolsonaro diz que governo tem que ganhar a 'guerra da informação' sobre a reforma administrativa

Presidente falou com jornalistas em Nova Déli, durante viagem oficial à Índia. Ele ressaltou que mudanças da reforma valerão para futuros servidores, não para os atuais.

- Jornal In Foco
G1
Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (27), durante a viagem oficial à Índia, que o governo tem que ganhar a "guerra da informação" sobre a reforma administrativa. O presidente disse também que sugeriu mudanças no texto, que, segundo ele, foram acatadas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Bolsonaro não informou quais foram as alterações.
 
A reforma administrativa é uma das principais propostas que o governo pretende apresentar ao Congresso neste ano. O texto ainda não foi divulgado. De acordo com o que vêm dizendo o próprio Bolsonaro e ministros, um dos pontos da reforma será alterar regras do funcionalismo público.
 
O presidente ressaltou que a proposta não vai mudar a legislação para quem já é servidor, mas sim para quem entrar no sistema no futuro.
 
"O mais importante é a guerra da informação. É mostrar que mudanças [estão] sendo propostas para quem porventura entrar no serviço público daqui para frente, para evitar que use uma informação que pegue todo mundo e cause ruídos no Brasil. Basicamente, esse é o ponto mais importante da reforma, guerra da informação", afirmou o presidente para jornalistas em Nova Déli, capital indiana.
 
Bolsonaro busca investimentos em último dia na Índia
 
De acordo com Bolsonaro, o conteúdo da reforma vai ser anunciado em breve.
 
"Eu peguei a reforma feita pelo Paulo Guedes. Estudamos e propusemos algumas alterações, e elas estão sendo atendidas, não é porque sou presidente. Eu não quero que vocês falem que eu recuei. Brevemente vai ser anunciada", completou.
 
Agenda

Bolsonaro chegou à Índia na sexta-feira (24). Desde então, tem participado de eventos com autoridades e empresários locais.
 
Nesta segunda, ele conversou com jornalistas após participar da sessão de abertura do seminário empresarial Brasil-Índia. Em seguida, o presidente foi para a cidade de Agra, onde visitará o Taj Mahal.
 
Bolsonaro inicia a viagem de volta para a Brasília no fim do dia, e deverá chegar ao Brasil na terça-feira (28).
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »