01/01/2020 às 19h46min - Atualizada em 01/01/2020 às 19h46min

Réveillon termina em tragédia durante show em Canaã dos Carajás

Celebrações de Ano Novo resultaram em morte e pessoas feridas. Autoridades investigam o crime. Foto do criminoso já foi divulgada

Beatriz Macieira - Jornal In Foco
Na madrugada desta quarta-feira (1), A Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás promoveu um show com a banda Os Barões da Pisadinha para celebrar o réveillon, mas uma tragédia aconteceu interrompendo as festividades. Três pessoas foram vítimas de um atentado, uma das vítimas veio a óbito no local e as outras duas foram vítimas de bala perdida. 

Jeovane Batista Belém, foi uma das vítimas do disparo, não resistiu e veio a óbito. Jeovane se deslocou do município de Parauapebas para curtir o show. Outras vítimas identificadas por nome de Taís e Eduardo dos Santos também foram vítimas dos disparos, felizmente foram socorridos à tempo e não correm risco de vida.

Diante do acontecimento, a Prefeitura se pronunciou e divulgou uma nota, confira abaixo; 

A prefeitura de Canaã dos Carajás lamenta profundamente o incidente ocorrido na madrugada do dia 1º de janeiro, durante o show da banda Os Barões da Pisadinha. 

Um elemento armado cometeu um atentado em meio à multidão e feriu gravemente três pessoas.

A prefeitura reforça que a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, segurança particular e ambulância da rede municipal de Saúde estavam no local e cumpriam seus deveres, porém, tudo indica que o caso se trata de uma execução.

Para garantir a segurança de todos os presentes, o show foi interrompido. As autoridades policiais já estão investigando o crime. Em breve, mais informações sobre o caso.


Após o cancelamento do show, a população se revoltou e arremessou latas de cervejas em autoridades e pessoas que estavam presentes no palco.

A Polícia Civil está investigando o caso e apurando informações para capturar o autor do crime. Ainda sem o nome revelado, o bandido já teve a foto divulgada.

O Jornal In Foco trará em breve mais informações sobre o caso.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »