29/10/2019 às 15h43min - Atualizada em 29/10/2019 às 15h43min

Deslizamento de terra em Camarões deixa dezenas de mortos; há desaparecidos

Chuvas fortes atingiram o oeste camaronês nos últimos dias. Governo determinou ajuda financeira a sobreviventes. Moradores de vilarejo no oeste de Camarões procuram nesta terça-feira (29) por desaparecidos em deslizamento de terra.

- Jornal In Foco
Click Politica
Click Politica
Um deslizamento de terra matou 37 pessoas na vila de Bamoungoum, no oeste de Camarões, na noite de segunda-feira (28). De acordo com autoridades locais, fortes chuvas na região causaram o desastre.

Nesta terça-feira, militares e socorristas procuravam por desparecidos nas casas destruídas do vilarejo. O governador da região, Awa Fonka Augustine, teme que o número de mortos aumente.

“O número de mortos deve aumentar porque o incidente ocorreu à noite, e você sabe que há muitas crianças na vila que estavam dormindo a essa hora”, afirmou.
Dezenas de pessoas procuram nesta terça-feira (29) desparecidos de deslizamento de terra em Camarões

O presidente de Camarões, Paul Biya, ordenou assistência financeira para sobreviventes e pediu que equipes de resgate continuassem os trabalhos.

Ao menos 120 pessoas vivem no vilarejo onde ocorreu o deslizamento. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), as chuvas fortes na região e no Sudão do Sul dificultaram o acesso a água e comida para cerca de 1 milhão de pessoas.

Desespero de famílias

Socorristas carregam corpo de vítima de deslizamento de terra em Camarões

Testemunhas relataram o desespero de famílias de desaparecidos no deslizamento. À agência Associated Press, o morador da região Pierre Kemvhe, de 51 anos, afirmou que procura notícias da mulher, que está grávida.

“Ela estava muito cansada e foi dormir, e eu ainda estava na loja onde trabalho à noite. Eu não a vi depois”, relatou.

O sobrevivente Albert Kenge contou à Reuters que ouviu um estrondo às 22h (horário local), quando a terra veio abaixo.

“Vi uma grande nuvem de poeira; quando ela dissipou, vi que a montanha desapareceu”, disse.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »