27/09/2019 às 10h16min - Atualizada em 27/09/2019 às 10h16min

Campeão de MMA, Otávio Javali participa de aulão em Canaã dos Carajás

O astro do esporte orientou atletas de muay thai atendidos pelo Cras de Canaã. Graduação dos alunos acontece nesta sexta (27)

Beatriz Macieira - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
Lutador de muay thai desde os 17 anos, Otávio Javali, atleta profissional de MMA, está em Canaã dos Carajás em uma missão pra lá de especial: falar sobre a sua trajetória de sucesso no esporte e incentivar jovens lutadores que estão em busca do mesmo sonho a obterem êxito em suas carreiras. Natural de Belém, o atleta tem 35 anos de idade, acumula mais de 15 confrontos na carreira, tendo vencido a maioria destes, e treinou com grandes nomes do UFC, como Lyoto Machida e Michel Trator.

Na noite desta quarta-feira (26), Javali esteve presente na sede do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e conheceu o projeto de muay thai que é desenvolvido na unidade e que está mudando a realidade de dezenas de jovens em situação de vulnerabilidade social.





Otávio falou sobre a modalidade para a atenta plateia, destacou os atributos necessários para vencer como lutador, ensinou golpes e afirmou que o esporte, antes de formar atletas, forma cidadãos. “Quando envolvido com o esporte, o jovem aprende o caminho que deve trilhar para se tornar um cidadão de bem e fazer a diferença na sociedade. As aulas são sobre como vencer combates, mas também são sobre vitórias na vida. ”

O lutador de muay falou sobre sua satisfação em fazer parte desse projeto “Não tem preço ver essa molecada que estava parada fazendo um treino de muay thai, expandindo o esporte, se afastando da marginalização e das ruas.” 

Javali também falou sobre a visita a Canaã dos Carajás. “Está sendo muito produtiva, gostei muito de estar aqui, o povo de Canaã dos Carajás é muito receptivo, muito educado. Éuma experiência muito importante vir até essa cidade.” 



Otávio Javali, Lutador de Muay Thai. 

À frente do projeto no Cras, Jan Costa explicou o trabalho desenvolvido junto aos atletas. “A importância desse projeto é trabalhar na formação de cidadãos, tirar as crianças e os adolescentes em situação de risco, fazendo eles adquirirem mais respeito pelos pais, amigos e família.”   



Janzão Costa, Instrutor Master. 

O projeto teve início em março de 2019, foi implementado por Janzão Costa dentro da secretaria no final de outubro de 2018 e atende cerca de 100 usuários.   

A Coordenadora do Cras Mary Marques falou sobre a importância desse projeto “Nós estamos com esse projeto no intuito de fazer um trabalho de inclusão social, através do esporte e sem dúvidas é um diferencial na vida deles. ”



Mary Marques, Coordenadora do Cras. 

A aluna Evelyn, de 12 anos falou sobre sua experiência dentro do projeto “Eu acho muito legal, muito divertido, aprendi muito e sinto vontade de ser lutadora profissional.”
Nesta sexta-feira (27), os alunos serão graduados, ou seja, subirão de categoria recebendo novas faixas. Otávio Javali participará do evento, que deve formar 70 alunos do projeto.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »