26/09/2019 às 14h06min - Atualizada em 26/09/2019 às 14h06min

Canaã dos Carajás registrou 1700 focos de incêndio em 2019

Beatriz Macieira - Jornal In Foco
Beatriz Macieira
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou no decorrer deste ano 1700 focos de incêndio no município de Canaã dos Carajás. De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o ano de 2019 tem tido uma concentração muito maior de focos. Em comparação ao ano de 2018, o município teve um aumento de 500% em número de focos.

O Engenheiro Florestal Ivan Faustino falou sobre o assunto. “Em 2018 tivemos um ano atípico, ou seja, um ano diferente, pois tivemos um índice pluviométrico mais alto. Então como o ano de 2018 preservou bastante, em 2019 ficou muita coisa para ser queimada.” 






A Semma municipal está atuando tanto na fiscalização dos focos, como na autuação administrativa em conjunto com a Polícia Militar. Para reforçar esse trabalho, a Secretaria conta com 11 militares do exército para tentar coibir essas ações, principalmente nas áreas protegidas.

Crime

Provocar queimadas em florestas é considerado um crime ambiental, de acordo com o artigo 50 do Decreto Federal 6.514/2008. É infração destruir ou danificar florestas ou qualquer tipo de vegetação nativa ou de espécies plantadas sem autorização ou licença da autoridade ambiental competente, resultando em multas a partir de R$ 5.000,00 por hectare.


Para qualquer informações, denúncia e emergência em Canaã dos Carajás contate a Brigada de Emergências: 9 9137-9919

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »