24/09/2019 às 14h44min - Atualizada em 24/09/2019 às 14h44min

Canaã dos Carajás está preparada para atender casos de depressão?

No mês do Setembro Amarelo, a Terra Prometida, referência em saúde na região, conta com uma estrutura de atendimento a pessoas com problemas depressivos. Mas será o suficiente? O Jornal In Foco apurou esta informação; saiba mais

Kécia Caroline - Jornal In Foco
Reprodução: Redes Sociais
Canaã dos Carajás é referência em saúde na região. O município conta com uma boa estrutura, médicos especialistas em várias áreas e uma atenção básica que é destaque no Brasil. Em pleno Setembro Amarelo, o município dispõe de uma rede de apoio a pessoas com depressão, mas isso é suficiente??
 
O município conta com uma rede de atenção psicossocial diversificada e é possível buscar ajuda nas Unidades de Saúde, onde são tratados os transtornos leves e moderados. Os pacientes poderão passar com os médicos das unidades. Se necessário serão encaminhados para o psicólogo ou psiquiatra, e caso a situação do paciente seja grave, o mesmo será encaminhado para o Centro de Atenção Psicossocial (Caps), onde são tratados os transtornos graves e persistentes.
 
Com base nas informações, a Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás (Semsa), tem em torno de 80 atendimentos em psiquiatria por mês. O Caps, por sua vez, realiza cerca de 70 atendimentos semanais.
 
Em virtude dos usuários, como são chamados os pacientes que frequentam o Caps, a unidade conta ao longo do ano com diversas atividades para melhorar a saúde mental dessas pessoas: atividades manuais, corporais e terapias diversificadas, onde os usuários podem conversar entre si, e também tem a terapia individual.
 
Nas unidades de saúde, há os grupos de autoajuda, onde os pacientes que aguardam para serem atendidos se reúnem, no qual os profissionais presentes os incentivam a falar sobre suas angústias.
 
Com base nessa reunião os profissionais selecionam os pacientes que precisam de ajuda do psicólogo ou psiquiatra, e logo depois acontece as terapias individuais.
 
As unidades Caps e Semsa também estão em parceria com a educação de Canaã dos Carajás, onde eles procuram ajudar as crianças e adolescentes que apresentam transtornos na saúde mental.
 
Em 2019, o Setembro Amarelo foi voltado para os servidores, onde o município também tem enfrentado problemas com a depressão. E com base na melhoria da saúde mental desses servidores, as unidades do município realizaram atividades de interação, motivação e consultas médicas.
 
No dia 27 de setembro de 2019, a Secretaria Municipal de Saúde realizará um grande encontro com atividades, voltadas para todos os servidores das unidades de saúde, onde melhorias na saúde dos servidores serão buscadas.
 
A demanda, no entanto, é cada vez maior. Na última semana, o Jornal In Foco conversou com uma jovem canaense que confessou ter problemas e que pensa em se matar todas as semanas.

Confira o link: https://jornalinfoco.com/noticia/3877/depressao--peco-socorro-em-silencio-afirma-jovem-de-canaa-dos-carajas

A dúvida paira no ar: apesar de tudo o que foi citado, o município está preparado para salvar vidas? Fica o debate.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »