03/09/2019 às 16h45min - Atualizada em 03/09/2019 às 16h45min

Corpo de Bombeiros fala de combate às queimadas em Canaã

Capitão Veloso destacou que propriedades privadas são os locais de maior incidência de queimadas em Canaã

Beatriz Macieira e Kécia Caroline - Jornal In Foco
Kécia Caroline
Não é segredo pra ninguém que o verão canaense de 2019 é um dos mais rigorosos da última década. Sem chuvas na cidade há mais de um mês, a população tem sofrido com o clima seco e com as irresponsáveis, e inevitáveis, queimadas.
 
Tanta fumaça tem causado doenças respiratórias, oculares, e cada vez mais ocorrências do tipo estão sendo registradas no Hospital Municipal de Canaã. Quem mais sofre com o problema são crianças e pessoas idosas.
 
Nesta terça-feira (3), a equipe do Jornal In Foco esteve na sede do Corpo de Bombeiros de Canaã e conversou com o capitão Veloso sobre o trabalho que a corporação vem realizando em Canaã. “Diariamente recebemos ocorrências e estamos trabalhando no combate às queimadas. Temos um efetivo de 10 militares que estão empenhados 24h no combate a esses incêndios.”
 
Responsável pela brigada de Canaã, Veloso afirmou que o contingente hoje é suficiente para o trabalho. “Em função desses incêndios não terem se alastrada e comprometido grandes áreas, o nosso efetivo é o bastante hoje. Mas, caso haja necessidade, pra evitar grandes desastres, solicitaremos reforço e seremos atendidos.”
 
O capitão afirmou ainda que fazendas e propriedades rurais são os locais onde há maior incidência de queimadas. “Não sabemos as causas, se são naturais ou causadas pelo homem, mas estamos no combate e pedimos apoio da comunidade nessa causa.”
 
No último mês, duas pessoas foram presas em flagrante por crime ambiental ao serem flagradas incendiando algumas áreas em Canaã.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »