03/07/2019 às 17h23min - Atualizada em 03/07/2019 às 17h23min

Empresa tem 30 dias para finalizar operação tapa-buraco na PA-160

Cerca de 40 homens trabalham na operação que iniciou no dia 15 de maio

Kevin William - Jornal In Foco
SBT - TV CORREIO
A operação tapa-buraco faz parte de um acordo entre a Vale e o governo do Estado. O objetivo é recuperar 64km da rodovia PA-160 que liga os municípios de Canaã dos Carajás à Parauapebas, no sudeste paraense. Depois de dois meses, a empresa responsável pela operação tem 30 dias para entregar a obra.

40 homens trabalham na operação que iniciou no dia 15 de maio. Os funcionários estão divididos em duas equipes, cada uma delas com 20 homens. Segundo os técnicos da empresa, mais de 40km de asfalto já foram recuperados. A expectativa é que até o final de julho a operação seja concluída.

A PA-160 foi asfaltada em 2004 pela Vale. A rodovia é usada como uma das principais portas de saída do minério extraído pela mineradora, no município de Canaã. Além de caminhões e carros de passeios, ônibus que transportam os funcionários da empresa também utilizam a rodovia.  

Reclamação dos motoristas 

Alvo de constantes reclamações, a PA-160 tem gerado transtornos aos motoristas, principalmente, por causa dos inúmeros buracos. Segundo, José Carmino, de 52 anos, morador da Vila Planalto, localizada as margens da rodovia, os prejuízos com o veículo são incontáveis. O motorista de ônibus escolar, diz que já perdeu as contas de quantas vezes o carro teve que ir para a oficina. “O pneu do carro bate nos buracos e não tem que aguente. Eu que passo praticamente todo dia por aqui, vejo que essa obra que eles estão fazendo aí não vai adiantar muita coisa. ” Desabafou!

Já Edson Andrade, 55, que tem uma borracharia, diz que todos os dias chegam motoristas com carro quebrado para ele consertar. O mecânico trabalha no local há três anos também já viu muitos acidentes na área. “O que adianta tapar agora e depois voltar os transtornos tudo de novo. O perigo fica para quem passa por aqui. Recentemente o motociclista só não morreu aí, porque não era hora dele, porque o acidente foi feio meu amigo. ” Comentou!

Para o mecânico Wendel costa, 26, a operação não soluciona o problema da falta de estrutura da rodovia. “É uma estrada perigosa, com mais buracos, complica ainda mais. Tem que asfaltar novamente para resolver. ” Concluiu!

O que diz a Vale

A assessoria de comunicação da Vale, informou que a rodovia PA-160 pertence ao estado, no entanto, a empresa está cumprindo as determinações do convênio feito com o governo do Pará para a manutenção da rodovia. 

A produção do Portal Infoco entrou em contato, por telefone, com a assessoria de comunicação do governo do Pará, mas não obteve resposta.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »