13/06/2019 às 10h50min - Atualizada em 13/06/2019 às 10h50min

Trabalhadores viram a noite na esperança de uma vaga de emprego no Sine de Canaã

Os trabalhadores não param de chegar ao Sine e muitos até dormiram no local.

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Ricardo Mesquita
Depois que souberam que 300 vagas de empregos estariam sido ofertadas no Sistema Nacional de Emprego de Canaã dos Carajás, desempregados fizeram uma fila quilométrica pela Avenida JK, na esperança de sair com a carteira assinada. Desde ontem, quarta-feira (12), os trabalhadores não param de chegar ao Sine e muitos até dormiram no local. 

As vagas são para a empresa RIP Serviços Industriais e também para a Mineradora Vale, e entre elas são para: Armador, eletricista, caldeireiro, encarregado de obra terraplanagem, meio oficial de elétrica, servente de obras, ajudante de obras, pedreiro, carpinteiro, encanador, soldador, mecânico montador III, encarregado de obra civil, técnico em segurança do trabalho, técnico mecânico, técnico especialista em manutenção mecânica, técnico em Meio Ambiente, técnico em manutenção preditiva, motorista de caminhão (PCD), mecânico especializado, técnico especialista em manutenção mecânica II, técnico em planejamento programação e manutenção e eletricista predial. 

Jheymison Viena de 33 anos é carpinteiro, pedreiro e montador, mora em Canaã há 5 anos e hoje está atrás da oportunidade de emprego “Estamos na expectativa de conseguir um emprego, e nem sabemos se vamos conseguir. Acho um descaso do poder público vira as costas para a gente, eu estou aqui dias após dias e nunca sai emprego. ” 

Apesar da fila e o cansaço de tanta espera, os trabalhadores não tem garantia nenhuma do atendimento, devido a falha no sistema, como relata Paulo Ricardo de 26 anos “O medo é do sistema, mais cedo ele estava fora do ar e aí eles falaram sobre o aplicativo, mas o aplicativo também não funciona, a gente fica com receio de passar horas aqui para chegar ali na porta e saber que toda essa espera pode ser em vão. ” 

O sistema até o fechamento desta matéria estava normalizado. A PM também está no local para assegurar os trabalhadores de algum tumulto caso aconteça.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »