25/03/2019 às 14h45min - Atualizada em 25/03/2019 às 14h45min

Dia de Combate à Tuberculose: Prefeitura vai realizar ações em todas as Unidades de Saúde

Ascom - Jornal In Foco
A prefeitura de Canaã dos Carajás, por meio da Secretaria de Saúde, vai realizar, na próxima semana, uma série de ações em todas as Unidades de Saúde da Família do município, para lembrar o Dia Mundial de Combate à Tuberculose (24 de março).
 
As ações serão realizadas entre os dias 25 e 29 (segunda a sexta-feira). Estão previstas palestras rápidas e orientação para a população, além da intensificação da busca ativa de pessoas com sintomas respiratórios que indiquem a doença. Canaã oferece o tratamento gratuito para a tuberculose em todas as Unidades de Saúde. O tratamento dura seis meses e não pode ser interrompido.
 
Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, desde 2013 Canaã registrou 106 casos de tuberculose, sendo que 10 foram no ano passado. O ano com mais registros dos últimos seis anos foi 2015, com 29 diagnósticos.
 
Também nesse período, foram avaliadas 183 pessoas que conviviam com pacientes diagnosticados com tuberculose. De acordo com o coordenador de Vigilância em Saúde da secretaria, Douglas Pacheco, a avaliação em busca se sinais clínicos é essencial para quebrar a cadeia de transmissão da tuberculose. “Pois se uma pessoa com tuberculose vive com outras pessoas próximas na mesma residência, o risco de transmissão e alto”, disse.
 
Ainda de acordo com o coordenador, dos casos registrados nesse período, 73 prosseguiram com o tratamento e foram curados. Houve seis óbitos de pacientes, por motivos não relacionados à doença, e 15 abandonos de tratamento – que normalmente se encaixam no perfil de pessoas em condição de rua ou dependentes químicos – 10 pacientes prosseguiram com o tratamento em outra localidade e dois pacientes seguem em tratamento, que deve ser concluído esse ano.
 
Sobre a doença
 
A tuberculose é uma doença infecciosa causada por um micróbio chamado “bacilo de Koch”. É uma doença contagiosa, que atinge principalmente os pulmões, mas pode ocorrer em outras partes do nosso corpo, como nos gânglios, rins, ossos, intestinos e meninges.
 
Ela é transmitida pelo ar, por meio da tosse, fala ou espirro da pessoa doente. O sintoma mais comum da doença é a tosse, com duração de três semanas ou mais. Outros sintomas são febre ao entardecer, suores noturnos, falta de apetite, emagrecimento e cansaço fácil.
 
O doente pode apresentar todos esses sintomas, mas pode ter somente uma tosse que às vezes até passa desapercebida. Muitas vezes as pessoas pensam que sua tosse é “comum”, porque são fumantes, ou que é uma bronquite ou gripe mal curada, e não dão importância.
 
Seguindo o tratamento corretamente, a doença tem cura. No entanto, caso a pessoa abandone o tratamento, pode favorecer o fortalecimento de bacilos resistentes à medicação, dificultando a cura e podendo levar à morte.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »