22/01/2019 às 16h36min - Atualizada em 22/01/2019 às 16h36min

Suprema Corte dos EUA autoriza que veto de Trump a militares transgêneros entre em vigor

Juízes não analisaram o mérito do caso. Medida tinha sido a bloqueada pela Justiça, que a considerou discriminatória.

- Jornal In Foco
G1
Manifestantes protestam em Nova York contra decisão de Trump de proibir transgêneros nas Forças Armadas, em 26 de julho de 2018 — Foto: Reuters/Carlo Allegri
A Suprema Corte dos Estados Unidos autorizou que o veto do presidente Donald Trump a militares transgêneros entre em vigor.
 
Os juízes da Suprema Corte não analisaram o mérito do caso, mas permitiram que o veto entrasse em vigor enquanto cortes inferiores trabalhem nele, informa a rede CNN.
 
A medida tinha sido a bloqueada pela Justiça, que considerou que atentava contra os direitos constitucionais por ser discriminatória. Além disso, o veto gerou a rejeição de vários grupos sociais e de parte dos militares.
 
Trump anunciou em julho de 2017 que tinha a intenção de proibir que todas as pessoas transgênero trabalhem no exército, e posteriormente a Casa Branca aconselhou que não se permitisse o alistamento de pessoas que pudessem no futuro querer submeter-se a uma operação de mudança de sexo.
 
Finalmente, o Departamento de Defesa apresentou em março do ano passado uma legislação que estabelecia que as pessoas com "um histórico de disforia de gênero (...) ficam desqualificadas do serviço militar exceto sob circunstâncias limitadas", mas não recomendava a expulsão de membros das forças armadas que já tivessem se submetido a uma operação de mudança de sexo.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »