12/07/2017 às 18h41min - Atualizada em 12/07/2017 às 18h41min

Exposição Skate is Life tem início na Casa da Cultura

Exposição vai até setembro e promoverá o conhecimento do esporte para a população canaense

Kleysykennyson Carneiro - Jornal In Foco
A Casa da Cultura será o lar do skate canaense pelos próximos meses. Com uma exposição de belíssimas fotos tiradas dos praticantes, um espetáculo de belas manobras está disponível ao público. A exposição teve início nesta terça-feira (11) e os skatistas, fotografados pelas lentes de Ricardo Mesquita, tiveram pista livre para as suas ousadas manobras. Enquanto os esportistas davam show, no palco artistas locais do movimento hip hop faziam a sua arte e arriscavam uma variedade imensa de passos.
 
A coordenadora da Casa da Cultura em Canaã, Cátia Weirich, falou sobre o início da exposição: “A exposição começa hoje e a gente está tentando fazer um demonstrativo para a comunidade canaense sobre esse esporte que está ficando cada dia mais forte na nossa cidade.” Sobre a importância da modalidade para o município, a coordenadora falou: “Nós temos muito talentos, temos meninos muito bons, a cidade precisa olhar com mais carinho para esses esportistas, pois eu acho que há um grande ganho, pois pode ser uma representatividade boa para Canaã no futuro. O esporte é importante na vida de qualquer um de nós, principalmente para essa galera. Acho que a melhor ocupação é o esporte e nós, enquanto pais, precisamos incentivar nossos filhos a praticar o esporte, seja ele qual for, e a comunidade precisa olhar com carinho para eles. A ideia da exposição veio disso: de fazermos uma inclusão social. Primeiro porque nem todo mundo olha para esses meninos com bons olhos e a gente quer mostrar que é um esporte e se nós começarmos a abrir as portas para eles, eles vão ver que estão sendo valorizados” concluiu Cátia.
 
Praticante do esporte há 17 anos, Rafael Oliveira, de 33 anos, contou o porquê de ter escolhido a modalidade para a sua vida: “Eu vi as pessoas andando de skate e me interessei. Isso aconteceu lá pelo ano 2000, ainda em Belém do Pará, e as pessoas andavam na praça e isso chamou a minha atenção.” Sobre o crescimento do esporte na cidade, Rafael falou: “Cheguei em Canaã há 3 anos e aqui tinha poucos atletas do esporte, mas vem aumentando bastante, eu acho que isso vem acontecendo porque o skate está na mídia, está na moda e agora tem as Olímpiadas... E isso influencia muito as pessoas a praticarem o esporte. O skate está na alta agora. Eu acho que a exposição vai ajudar a população a olharem com outros olhos para o esporte. Aqui tem meninos que estudam e só querem andar de skate” concluiu o atleta.
 
Já Adailton Reis, um dos dançarinos de hip hop, já é praticante do estilo há 8 anos, contou o que o levou à dança: “O que me levou a praticar a dança é que eu considerava, no início, que era uma coisa diferente e depois passou a ser uma coisa da vida e eu não podia mais parar.” Adeilton deixou uma mensagem para aqueles que querem dançar o ritmo: “O hip hop é uma cultura que conscientiza a galera a deixar as coisas erradas para trás. É composto por 4 danças e todas elas têm uma mensagem social. Nada é impossível para quem quer e qualquer um pode dançar se quiser.”
 
Ricardo Mesquita e Cátia Weirich deram o pontapé inicial à exposição e convidaram os dançarinos do hip hop para a apresentação especial do grupo. Na sequência, os skatistas continuaram com o seu show de manobras e o público delirou com a ousadia dos atletas. A página oficial do Jornal In Foco transmitiu a abertura do evento ao vivo pelo Facebook. A Exposição Skate is Life permanece aberta ao público até o dia 09 de setembro e os atletas da modalidade ministrarão aulas aos iniciantes no esporte.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »