24/10/2018 às 15h32min - Atualizada em 24/10/2018 às 15h32min

Resumo da 33° Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Canaã dos Carajás

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Redação
A penúltima sessão do mês como de costume foi bem tranquila. Em pauta duas indicações foram feitas sendo elas aprovadas por unanimidade e uma matéria de apresentação do projeto de Lei n°.029/2018 proposto pelo vereador Junior Garra que dispõe sobre o topônimo do Parque Ambiental localizado no Bairro Park Carajás, na divisa do bairro Novo Brasil.

A vereadora Vânia Mascarenhas indicou (n°.079/2018) ao executivo que troque as redes elétricas das VPS 12,80 e das VS 76, 77. Em defesa da sua indicação Vania disse: “Estamos no século XXI e toda zona rural tem energia boa, mas infelizmente a energia de lá tem queda constantes. Isso precisa ser resolvido, eu queria a compreensão de todos os meus companheiros, queria pedir o voto para que aprovassem essa indicação, para que seja trocada as duas redes. Os povos dessas vilas não podem passar por essa humilhação, passar quatro, cinco dias sem energia. Chegam a queimar até seus eletrodomésticos, temos que resolver. ”

O vereador Gesiel Ribeiro pela terceira vez indicou (n° 078/2018) ao executivo que se construa o muro da Escola de Ensino Fundamental Magalhães Barata na Vila Feitosa, que é cercada por uma estrutura de madeira com fios de aço e pediu também a construção de um reservatório de agua de cinco mil litros na referida escola.   “Por se tratar de uma escola que atende cerca de 180 alunos é necessária uma maior segurança. A falta do muro facilita o acesso de pessoas particulares para o interior do prédio, como também faz com que os alunos fujam das salas de aula. Quanto ao reservatório de água, se faz necessário devido a não construção dele, que é um projeto da estrutura original da construção da escola, hoje o que tem é uma base de madeira suportando a caixa d’agua que já está antigo e oferecendo riscos para alunos e professores daquele colégio. ”

O vereador Wilson Leite aproveitou o momento e disse que é vergonhoso ver um vereador fazer esse tipo de indicação num município que tem o maior PIB do estado.

A mesa diretora lançou também na tarde de ontem (23) o edital de convocação para a Audiência Pública para a discussão da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o Exercício de 2019 do município. A audiência será realizada no dia 07 de novembro (quarta-feira) as 18h no plenário da Câmara Municipal, localizada na rua Tancredo Neves n°546.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »