19/09/2018 às 18h36min - Atualizada em 19/09/2018 às 18h36min

Justiça faz reintegração de manutenção de posse de propriedade pública

Prefeitura Municipal dá apoio com secretarias para moradores remanejados

Stephanny Sousa - Jornal In Foco
Stephanny Sousa
Durante o dia desta quarta-feira (19) moradores do Assentamento Monte Sião, que estavam em situação irregular, foram retirados da área localizada na VS-52, KM 8, antigo Sitio Trevo, devido ser de posse do poder público. O local onde as famílias habitavam faz parte de um projeto da prefeitura que será realizado em breve.

Devido a essa situação 89 famílias foram remanejadas do lugar com a fiscalização e apoio da Secretária de Desenvolvimento Social e Secretaria de Habitação. Muito dos moradores já vinham tendo acompanhamento por parte das secretarias para que não ficassem sem seus lares.



José Carlos morador do assentamento conversou com a imprensa bastante indignado com a ação “Cada barraco desse que foi derrubado leva um sonho, o sonho de ter seu pedaço de terra para que a gente tivesse nosso próprio sustento, a falta de desemprego no município faz com que a gente busque outros meios para sobreviver. Nós não estamos aqui porque achamos ‘bonito’, mas sim porque precisamos. Eu fico muito triste. Cada pessoa aqui tem sua família, não é fácil ver o nosso sonho sendo derrubado dessa forma. Eu queria pedir para o prefeito que apoiasse mais a nossa população, muita gente aqui não tem para onde ir, como vai ficar nossa situação sem emprego, não temos mais condição de viver. ”



Erica Sobral, assistente social, acompanhou a retirada das famílias e conversou com a imprensa “Muitas dessas famílias tiveram tratamento individualizado e não ficarão desabrigadas. O problema que eles estão questionando, não é a falta de abrigo e sim sobre como eles vão manter seu sustento, já que eles sobrevivem do plantio. Mas isso já está sendo arquitetado pela prefeitura. ”



O mandato do juiz Dr. Leandro Vincenzo alerta ainda que para as pessoas que tiverem qualquer ato de posse na propriedade será multada no valor de R$10,000 (dez mil reais) por dia.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »